Cientista e Consultor de Interstellar recebe o Nobel da Física

Kip Thorne, o consultor e cientista de “Interstellar”, foi galardoado com o Nobel da Física juntamente com Rainer Weiss e Barry Barish.

O prémio Nobel da Física foi atribuído a três cientistas pelas descobertas sobre as ondas gravitacionais, as ondulações do espaço-tempo, que há mais de um século (mais precisamente em 1916) haviam sido discutidas por Albert Einstein na sua Teoria da Relatividade Geral. Durante muitos anos não passavam, de facto, de teoria, e nunca tinham sido constatadas até ao grande acontecimento no dia 14 de setembro de 2015. Ainda mais peculiar é que essa descoberta abalou o mundo científico.

Lê Também:
Neil deGrasse Tyson explica o final de Interstellar num alucinante video

Os astrofísicos Rainer Weiss (nascido na Alemanha, nacionalizado americano), Barry Barish e Kip Thorne (americanos) receberam o Prémio Nobel da Física na passada terça-feira, 3 de outubro, pelos seus contributos para a observação de ondas gravitacionais, abrindo portas a um novo mundo de investigações na física.

As ondas gravitacionais são mais precisamente ondulações extremamente fracas no tecido do espaço e do tempo, geradas por alguns dos eventos mais violentos do universo. As ondas só conseguiram ser detetadas depois de uma colisão entre dois buracos negros, a cerca de 1,3 mil milhões de anos-luz da Terra. Os três físicos tinham já sido distinguidos com o Prémio Princesa das Astúrias para a Investigação Científica e Técnica.

Lê Também:
Um génio da ciência por trás de Interstellar (Video)

RAINER WEISS, BARRY BARISH E KIP THORNE FORAM GALARDOADOS COM O NOBEL

Interstellar

Kip Thorne, físico de 77 anos, ficou conhecido por servir de apoio às ideias constatadas em “Interstellar” de Christopher Nolan. Quando o filme foi lançado, em 2014, Nolan e Thorne sentaram-se com a revista TIME para uma conversa sobre o processo colaborativo e sobre a árdua tarefa de transformar aquelas ideias em cinema. Thorne pensava que ambos, arte e a ciência, poderiam ficar ainda mais próximas.

Quando me pergunto quais são as ótimas coisas que temos do Renascimento, é a excelente arte, a excelente música, as ideias científicas de Leonardo da Vinci. Daqui a duzentos anos, quando nos perguntarmos quais são as grandes coisas que vieram desta era, acho que vai ser uma compreensão do universo que nos rodeia. Esta é a cultura, e acho que é a cultura que a mente e o espírito humanos abraçam.

Lê Também:
Interstellar | Infográficos

A união entre a arte e a ciência comprova-se com a entrega do galardão. O vídeo em que Christopher Nolan e Kip Thorne conversam com a TIME pode ser visto abaixo.

Relembre que o último filme de Christopher Nolan, Dunkirk, continua em exibição nas salas de cinema portuguesas. A crítica pode ser lida aqui

Lê Também:
Interstellar | Edição de 2 discos em Blu-Ray


Sobre Virgílio Jesus