Compositor Jóhann Jóhannsson deixa Blade Runner 2049

O novo filme de Denis Villeneuve, a sequela de Blade Runner, perde o seu compositor Jóhann Jóhannsson.

Jóhann Jóhannsson, conhecido de filmes como “O Primeiro Encontro” e “A Teoria de Tudo”, este último pelo qual foi nomeado ao Óscar da Academia, desistiu oficialmente da banda-sonora de” Blade Runner 2049″, a sequela do filme de Ridley Scott que tem agora Denis Villeneuve no comando e Ryan Gosling e Harrison Ford como protagonistas.

Há aproximadamente um mês, Hans Zimmer e Benjamin Wallfish foram convidados para colaborar com Jóhannsson na banda-sonora de “Blade Runner”, contudo chega agora a confirmação de que o compositor islandês abandonaria o filme por completo. Entretanto, o aclamado compositor alemão Hans Zimmer (“Dunkirk”, “A Origem”) e Benjamin Wallfish, responsável pela banda-sonora de “IT”, ficarão responsáveis pela banda-sonora da ficção científica.

Jóhann Jóhannsson

Lê Também:
Blade Runner 2049: Curta-metragem com Jared Leto serve de prelúdio ao filme

“Blade Runner 2049” conta com Ryan Gosling, Harrison Ford, Robin Wright, Ana de Armas, Carla Juri, Lennie James, Mackenzie Davis, Jared Leto e Dave Bautista no elenco.

O enredo desenrola-se 30 anos após os eventos do filme original e acompanha um novo blade-runner, K (Gosling), do Departamento de Polícia de Los Angeles, que desvenda um segredo antigos que tem o potencial para transformar o que restou da sociedade num completo caos. A descoberta de K faz com que ele comece uma jornada para encontrar Rick Deckard (Harrison Ford), um ex-blade runner que está desaparecido há 30 anos.

Blade Runner 2049 estreia nos cinemas portugueses a 5 de outubro. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *