The Sims 4: Vampiros (PC) | Análise

Os Sims estão de volta, agora com dentes pontiagudos, medo do sol e alguma sede se sangue. Será que vale a pena ter esta expansão?

 

 

  • Editora: EA
  • Produtora: Maxis
  • Plataformas: PC

Classificação 

Enredo
Jogabilidade
Gráficos
Som
Nota Final

 

Este Vampire pack é a quarta expansão do jogo The Sims 4, e é provavelmente a mais divertida de todas. Mas vamos por partes.

Começando pelas novidades, são muitos os novos estilos de roupa e penteados que podemos usar no Sim que criarmos. Desde o estilo mais clássico, até ao mais radical possível, esta expansão traz muito quando chega o momento de criarmos os nossos personagens.

 

Lê também: Top Jogos | Os 100 melhores jogos de sempre

Sendo uma nova expansão, ter uma nova cidade é sempre bom, e aqui iremos viver em Forgotten Hollow que coloca ao nosso dispor quatro casas pré feitas. No entanto, aqui encontramos o primeiro problema. Fora das casas a vida na cidade é realmente reduzida, com pouco para se fazer e explorar, levando a que o único motivo para realmente sair seja observar o bom design do jogo, quer em termos de construção, quer na luminosidade que que se torna muito boa à noite, com todas as velas e luzes a proporcionarem um ambiente mais sobrenatural.

 

Lê ainda: Horizon Zero Dawn (PS4) | Análise

Dentro de casa a história é outra. Temos muitas novas opções de construção e decoração, sendo fácil ficarmos horas e horas a melhor todos os pormenores da casa em que vivemos. Com estas adições, a construção das casas está ao nível da customização dos personagens. Ao criarmos o nosso Sim, teremos muitas escolhas pela frente, quer seja ao definimos como o nosso sim se tornou vampiro, ou ao definirmos os seus poderes e fraquezas, e tudo isto irá influenciar o jogo. Podemos escolher ter uma velocidade ou força sobre-humana, ou resistência ao sol, mas teremos também fraquezas. Aliás, um dos aspectos mais interessantes e viciantes deste jogo está no facto de irmos evoluindo o nosso personagem e ao adquirirmos novos poderes, teremos também novas fraquezas, originado um bom equilíbrio.


Vampire pack mantém a fórmula Sims, quer em termos de enorme liberdade, quer no simples gameplay. Se quisermos, nunca teremos de atacar um humano para sobreviver e a inteligência artificial do jogo é passiva o suficiente para nunca atacar um humano, portanto nunca iremos ver um humano a ser transformado ou morto.

É fácil passarmos aqui muitas horas. Também é fácil perceber que este é, provavelmente, a expansão mais viciante de The Sims 4, principalmente pelos poderes especiais e evolução das nossas personagens. Tal como todos os anteriores Sims, tem defeitos e limitações, mas se forem fãs da série e um mundo sobrenatural não for um problema, então vale a pena visitar esta cidade onde vampiros e humanos convivem como se nada estranho acontecesse.

 

HARDWARE USADO PELA MHD PARA TESTES DE JOGOS

PS4:

  • PlayStation 4 Glacier White
  • DualShock 4 White
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma
  • Mouse Razer Naga Epic Chroma

 

Luís Pinto


 



Sobre Luis Pinto

Software developer - Autor do blog Ler y Criticar - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!