Wildlife, com Jake Gyllenhaal e Carey Mulligan, abre a semana dos críticos de Cannes

A semana dos críticos do festival de Cannes, dedicada a primeiros ou segundos filmes dos realizadores, abrirá com “Wildlife”, a estreia de Paul Dano na realização.

Depois de anunciado o alinhamento completo do festival de Cannes 2018, que inclui entre outros destaques “Everybody Knows”, “BlackkKlansman”, “Under the Silver Lake” e “Han Solo: Uma História de Star Wars”, foi hoje revelado o alinhamento de uma competição paralela.

A semana dos críticos de Cannes decorrerá de 9 a 17 de maio e caberá a “Wildlife” a honra de abrir o certame. Baseado na obra de Richard Ford, “Wildlife” representa a estreia do ator subvalorizado Paul Dano como realizador. Dano adaptou a obra de Ford em conjunto com a namorada e atriz, Zoe Kazan, e encontrou em Carey Mulligan e Jake Gyllenhaal os protagonistas para a sua história, que acompanha o desmoronar de um matrimónio a partir da visão do filho do casal, com 14 anos. Ed Oxenbould será o filho de Mulligan e Gyllenhaal.

O filme teve a sua estreia em Sundance, onde foi muito bem recebido pela crítica. Foi elogiada a sua sensibilidade e o carácter intemporal, e comparado ao estilo de outro talento emergente da realização, Jeff Nichols (“Procurem Abrigo”, “Fuga”, “Uma História de Amor”).

Lê Também:
15 anúncios que provam que Wes Anderson é um génio da publicidade

“Wildlife” é o único filme norte-americano presente na semana dos críticos de Cannes. Em competição estarão “Chris the Swiss” (Anja Kofmel), “Diamantino” (Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt), “One Day” (Zsófia Szilágyi), “Fugue” (Agnieszka Smoczynska), “Woman at War” (Benedikt Erlingsson), “Sauvage” (Camille Vidal-Naquet) e “Sir” (Rohena Gera).

“Wildlife” será portanto o filme de abertura, servindo “Guy”, de Alex Lutz, para fechar a semana.

WILDLIFE | O PROCESSO CRIATIVO DE PAUL DANO E ZOE KAZAN

Estás entusiasmado para ver a estreia de Paul Dano na realização, com Carey Mulligan e Jake Gyllenhaal? Terá “Wildlife” alguma nomeação nos próximos óscares?

Miguel Pontares

Licenciado em Comunicação Empresarial, estudou ainda Escrita de Argumento para Cinema e Televisão. É um dos autores do blog Barba Por Fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *