10 Coisas que (possivelmente) Não Sabias sobre Vaiana

Antecipando a grande aposta da gigante da Animação Disney para ano, a MHD veleja por algumas das mais peculiares curiosidades de Vaiana.

Uma jovem aventureira parte à descoberta marítima de uma ilha lendária com um semideus à pendura em Vaiana, o segundo filme animado da Disney de 2016 – depois do fantástico Zootrópolis.

 

1. Dois mestres conhecidos

moana-realizadores

Vaiana é o primeiro filme com animações geradas por computador escrito e realizado por John Musker e Ron Clements, as mentes criativas responsáveis por clássicos como A Pequena Sereia (1989), Aladino (1992), Hércules (1997) e A Princesa e o Sapo (2009) – todos eles predominantemente desenhados à mão.

 

2. Peculiaridades dos descobridores polinésios

moana-descobrimentos

Lê mais: Os próximos filmes live-action da Disney

É bastante curioso e até invulgar que Moana seja uma descobridora, já que a esmagadora maioria dos descobridores polinésios eram homens. Durante a navegação é de extrema importância ser sensível às marés do oceano, algo que estes eram capazes de ser ao se sentarem de pernas cruzadas no fundo do barco, sentindo o movimento das ondas com os testículos.

 

3. Visita de estudo às ilhas do Pacífico

moana-viagens

É um trabalho complicado, mas alguém teve de o fazer: a equipa de produção responsável por Vaiana fez pelo menos três “visitas de estudo” às Ilhas do Pacífico, em pesquisa profunda para o filme. A primeira viagem teve lugar em outubro de 2011 e cobriu as Fiji, Samoa, Tahiti e Mo’orea e teve uma enorme influência no desenvolvimento da narrativa. A segunda viagem ocorreu em março de 2014 e colocou uma ênfase especial na pesquisa para a música do filme, levando a equipa a visitar o Pacific Island Music Fest na Nova Zelândia. “Pessoas de todas as ilhas do Pácifico vêm e partilham as suas danças, roupas e comidas tradicionais. É um grande festival ao longo de alguns dias e é fenomenal”. A equipa de produção fez ainda uma terceira viagem de investigação com maior enfoque na recolha de dados para o desenvolvimento visual do filme.

Lê Também:
FOX cancela The Gifted e The Passage

 

4. The Oceanic Story Trust

moana-equipa

Para assegurarem que o seu filme era verdadeiramente coerente com a história e a cultura, Clements e Musker fizeram questão de consultar recorrentemente uma equipa de especialistas locais chamados “The Oceanic Story Trust“. Este grupo composto por académicos, arqueólogos, antropólogos, linguistas, historiadores mas também tatuadores, navegadores, pescadores, artistas e anciãos deu aconselhamento no que respeita à história, nomes, diálogo e referências culturais.

 

5. Raízes portuguesas

moana-atriz

Lê também: Um outro olhar sobre as personagens de Vaiana

Auli’i Cravalho foi a atriz estreante escolhida para dar voz a Vaiana na versão original da produção Disney. Curiosamente, a jovem de 14 anos – que é, simultaneamente, a mais jovem atriz a dar voz a uma “princesa” Disney – tem ascendência havaiana, chinesa, irlandesa e… portuguesa.

 

6. O semideus da Polinésia

moana-maui

O deuteragonista da mais recente fornada Disney é Maui, o semideus que encontra em Dwayne “The Rock” Johnson a sua voz original. No entanto, Maui não é um homem qualquer: de facto, faz parte de uma lenda polinésia verdadeira que o edifica como um deus todo-poderoso que carrega um gancho mágico que o ajuda a elevar as ilhas do Pacífico.

 

7. Tatuagens especiais

moana-tatuagens

Ainda que Vaiana seja predominantemente animado por computador, as tatuagens de Maui são o único elemento que foi desenhado à mão. O departamento de animação teve então um desafio único ao criar a versão 2D do Mini Maui, uma silenciosa mas muito marcada personagem secundária que vive nas tatuagens de Maui – uma espécie de “grilo da consciência” digamos assim. “Ele tem personalidade e uma relação com o grande Maui. Ele é, em primeiro lugar, um grande apoiante do Maui. É o seu alter ego; tem estilo e é confiante, mas acima de tudo é a sua consciência”, explicou Eric Goldberg, que trabalhou para tornar a animação do Mini Maui consistente com a do seu comparsa em 3D.

Lê Também:
Star Wars | Disney anuncia três novos filmes

 

8. Nova princesa à vista?

moana-princesa

Lê ainda: Os Filmes mais Antecipados de 2016

Há uma linha oficial de Princesas Disney composta por Cinderella, Belle, Ariel, Rapunzel, Tiana, Snow White, Mulan, Aurora, Pocahontas, Jasmine e Merida. A coleção ainda não inclui Anna e Elsa de Frozen, que deverão ser posteriormente acrescentadas. Moana poderá então representar a 14ª princesa oficial da Disney ainda que não o seja exatamente – apesar de poder cair na categoria de Princesa, Moana é “apenas” filha do Chefe Tui, o líder da sua comunidade.

 

9. O oceano como personagem

moana-agua

Inspirados pelo mantra “o oceano não nos divide, une-nos”, Clements e Musker decidiram tornar o oceano uma personagem relevante na história. Em vez de animar o animar como uma massa de água amorfa, a Disney decidiu incorporá-la literalmente na aventura, funcionando como uma espécie de sidekick da jovem “princesa”.

 

10. Mad Max na Polinésia

moana-madmax

A certa altura do filme, Moana e Maui encontram os Kakamora, um assustador grupo de cocos maldosos que viajam em grandes barcos que perseguem os nossos protagonistas. De acordo com Clements e Musker, uma das cenas de perseguição foi profundamente inspirada em Mad Max: Fury Road de George Miller.

 

Catarina Oliveira

Licenciada em Ciências da Comunicação e com formação complementar em Design Gráfico, além de editora e diretora criativa da MHD é também uma das sócias fundadoras da mais recente face da empresa. Colaboradora de Cinema na Vogue Portugal. Gestora de conteúdo na Lava Surf Culture e NOS Empresas - Criar uma Empresa. Autora do blog de Cinema Close-Up.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *