85 países na corrida ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro

Cartas de Guerra (Portugal), Neruda (Peru), Elle (França) e Toni Erdmann (Alemanha) são alguns dos pré-candidatos ao Óscar.

A Academia de Hollywood revelou quais os 85 países que submeteram os seus filmes ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, e pelo que parece a imprensa internacional ainda não tem qualquer candidato sólido.

Entre as seleções destaque para o filme de Portugal, Cartas de Guerra, de Ivo M. Ferreira – sobre a Guerra Colonial -, além da escolha da França, Elle – que ainda pode colocar Isabelle Huppert na corrida ao Óscar de Melhor Atriz -, da Alemanha – a comédia dramática e familiar Toni Erdmann – da Venezuela – From Afar, que reflete as árduas condições de vida no país – ou até do Reino Unido Under the Shadow. A escolha da Itália – Fogo no Mar – é um quanto surpreendente, uma vez que se trata de um documentário e que pode também concorrer nessa categoria.

Vale a pena salientar que Pablo Larraín pode igualmente consolidar-se como o primeiro cineasta na história dos Óscares a ser nomeado por diferentes filmes nas categorias de Melhor Filme e Melhor Filme Estrangeiro, por Jackie e Neruda, respetivamente.

Lê ainda: Depois de Leonardo DiCaprio, é hora de uma previsão aos Óscares 2017

LISTA COMPLETA

África do Sul: Call Me Thief (realizado por Daryne Joshua)

Albânia: Chromium (realizado por Bujar Alimani)

Alemanha: Toni Erdmann (realizado por Maren Ade)

Arábia Saudita: Barakah Meets Barakah (realizado por Mahmoud Sabbagh)

Argélia: The Well (realizado por Lotfi Bouchouchi)

Argentina: The Distinguished Citizen (realizado por Mariano Cohn, Gastón Duprat)

Austrália: Tanna (realizado por Bentley Dean, Martin Butler)

Áustria: Stefan Zweig: Farewell to Europe (realizado por Maria Schrader)

Bangladesh: The Unnamed (realizado por Tauquir Ahmed)

Bélgica: The Ardennes (realizado por Robin Pront)

Bolivia: Sealed Cargo (realizado por Julia Vargas Weise)

Bósnia e Herzegovina: Death in Sarajevo (realizado por Danis Tanovic)

Brasil: Little Secret (realizado por David Schurmann)

Lê Também:   Este inesquecível drama com Meryl Streep e Nicole Kidman venceu um Óscar e acaba de chegar à Netflix

Bulgária: Losers (realizado por Ivaylo Hristov)

Camboja: Before the Fall (realizado por Ian White)

Canada: It’s Only the End of the World (realizado por Xavier Dolan)

Cazaquistão: Amanat (realizado por Satybaldy Narymbetov)

Chile: Neruda (realizado por Pablo Larraín)

China: Xuan Zang (realizado por Huo Jianqi)

Colômbia: Alias Maria (realizado por José Luis Rugeles)

Coreia do Sul: The Age of Shadows (realizado por Kim Jee-woon)

Costa Rica: About Us (realizado por Hernán Jiménez)

Croácia: On the Other Side (realizado por Zrinko Ogresta)

Cuba: The Companion (realizado por Pavel Giroud)

Dinamarca: Land of Mine (realizado por Martin Zandvliet)

Egipto: Clash (realizado por Mohamed Diab)

Equador: Such Is Life in the Tropics (realizado por Sebastián Cordero)

Eslováquia: Eva Nová (realizado por Marko Skop)

Eslovénia: Houston, We Have a Problem! (realizado por Žiga Virc)

Espanha: Julieta (realizado por Pedro Almodóvar)

Estónia: Mother (realizado por Kadri Kõusaar)

Filipinas: Ma’ Rosa (realizado por Brillante Ma Mendoza)

Finlândia: The Happiest Day in the Life of Olli Mäki (realizado por Juho Kuosmanen)

França: Elle (realizado por Paul Verhoeven)

Geórgia: House of Others (realizado por Rusudan Glurjidze)

Grécia: Chevalier (realizado por Athina Rachel Tsangari)

Holanda: Tonio (realizado por Paula van der Oest)

Hong Kong: Port of Call (realizado por Philip Yung)

Hungria: Kills on Wheels (realizado por Attila Till)

Iémen: I Am Nojoom, Age 10 and Divorced (realizado por Khadija Al-Salami)

India: Interrogation (realizado por Vetri Maaran)

Indonésia: Letters from Prague (realizado por Angga Dwimas Sasongko)

Irão: The Salesman (realizado por Asghar Farhadi)

Iraque: El Clásico (realizado por Halkawt Mustafa)

Islândia: Sparrows (realizado por Rúnar Rúnarsson)

Israel: Sand Storm (realizado por Elite Zexer)

Itália: Fire at Sea (realizado por Gianfranco Rosi)

Japão: Nagasaki: Memories of My Son (realizado por Yoji Yamada)

Jordânia: 3000 Nights (realizado por Mai Masri)

Kosovo: Home Sweet Home (realizado por Faton Bajraktari)

Lê Também:   Este emocionante drama de Tom Hanks deixou Quentin Tarantino irritado

Letónia: Dawn (realizado por Laila Pakalnina)

Libano: Very Big Shot (realizado por Mir-Jean Bou Chaaya)

Lituânia: Seneca’s Day (realizado por Kristijonas Vildziunas)

Luxemburgo: Voices from Chernobyl (realizado por Pol Cruchten)

Macedónia: The Liberation of Skopje (realizado por Rade Šerbedžija, Danilo Šerbedžija)

Malásia: Beautiful Pain (realizado por Tunku Mona Riza)

Marrocos: A Mile in My Shoes (realizado por Said Khallaf)

México: Desierto (realizado por Jonás Cuarón)

Montenegro: The Black Pin (realizado por Ivan Marinović)

Nepal: The Black Hen (realizado por Min Bahadur Bham)

Noruega: The King’s Choice (realizado por Erik Poppe)

Nova Zelândia: A Flickering Truth (realizado por Pietra Brettkelly)

Palestina: The Idol (realizado por Hany Abu-Assad)

Panamá: Salsipuedes (realizado por Ricardo Aguilar Navarro, Manolito Rodríguez)

Paquistão: Mah-e-Mir (realizado por Anjum Shahzad)

Peru: Videophilia (and Other Viral Syndromes) (realizado por Juan Daniel F. Molero)

Polónia: Afterimage (realizado por Andrzej Wajda)

Portugal: Letters from War (realizado por Ivo M. Ferreira)

Quirguistão: A Father’s Will (realizado por Bakyt Mukul, Dastan Zhapar Uulu)

Reino Unido: Under the Shadow (realizado por Babak Anvari)

República Checa: Lost in Munich (realizado por Petr Zelenka)

República Dominicana: Sugar Fields (realizado por Fernando Báez)

Roménia: Sieranevada (realizado por Cristi Puiu)

Rússia: Paradise(realizado por Andrei Konchalovsky)

Sérvia: Train Driver’s Diary (realizado por Milos Radovic)

Singapura: Apprentice (realizado por Boo Junfeng)

Suécia: A Man Called Ove (realizado por Hannes Holm)

Suiça: My Life as a Zucchini (realizado por Claude Barras)

Tailândia: Karma (realizado por Kanittha Kwunyoo)

Taiwan: Hang in There, Kids! (realizado por Laha Mebow)

Turquia: Cold of Kalandar (realizado por Mustafa Kara)

Ucrânia: Ukrainian Sheriffs (realizado por Roman Bondarchuk)

Uruguai: Breadcrumbs (realizado por Manane Rodríguez)

Venezuela: From Afar (realizado por Lorenzo Vigas)

Vietname: Yellow Flowers on the Green Grass (realizado por Victor Vu)

Consulta também: Guia das Estreias de Cinema | Outubro 2016


 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *