Sarah Paulson

Nova temporada de American Horror Story viaja no tempo

A oitava temporada de American Horror Story vai ter um cenário futurista, de acordo com as revelações feitas pelo criador da série Ryan Murphy.

A revelação foi feita esta sexta feita por Ryan Murphy, seguida por um rol de perguntas sobre qual o “futuro” escolhido. Será um futuro próximo como na série “Black Mirror“? Ou um distópico estilo “Blade Runner 2049“? Murphy não comentou, apenas referiu que “American Horror Story” não iria para o espaço.. “Mostrei a ideia a John Landgarf [director da FX] e ele adoro-a, mas pediu-me que não revelasse pormenores”, adiantou Murphy, “Penso que o público irá gostar, é diferente do que fizemos até agora, mas eu também tento sempre fazer o oposto do que já fiz.”

Lê Também:
As 10 MELHORES SÉRIES a estrear em 2018!

O elenco encontra-se, de igual modo, no segredo dos deuses, mas existe a possibilidade de Sarah Paulson e Evan Peters fazerem parte dele. Existe, contudo, a preocupação de Peters se encontrar a gravar “Pose”, o novo projecto de Murphy, o que pode impedir de estar presente na oitava temporada de American Horror Story. Para Murphy, a situação não será de todo problemática, já que o mesmo aconteceu com Sarah Paulson.

Embora a oitava temporada ainda esteja em fase inicial, Ryan Murphy também divulgou detalhes sobre a nona temporada. Ao que parece, a mesma será um crossover entre “Murder House” (primeira temporada) e “Coven” (terceira temporada). Murphy adiantou que o crossover não pode ser feito para esta temporada devido a conflitos de agenda. Ainda assim, o produtor está optimista de que conseguirá reunir o elenco original de “American Horror Story”, que incluem os actores Dylan McDermott, Connie Britton, Jessica Lange e Kathy Bates, apesar do desafio logístico que a tarefa representa.

TRAILER | REVÊ A ÚLTIMA TEMPORADA DE AMERICAN HORROR STORY: CULT

Qual argumento te parece mais interessante?

Inês Serra

Cresci a ir ao cinema, filha de pais que iam a sessões duplas...Será genético? Devoro livros e algumas séries. Fã incondicional do fantástico e do sci-fi. Gostaria de viver todos os dias com o mote Spielbergiano - "I dream for a living"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *