© Discord

Discord incentiva o trabalho remoto e as aulas virtuais

O Discord entra na luta contra o COVID-19 com o aumento do número de pessoas que pode estar no Go Live ao mesmo tempo!

A notícia foi avançada por Jason Citron, o fundador e CEO do Discord, revelando que a atualização vem como resposta ao aumento do número de infetados pelo COVID-19 e ao consequente encerramento de várias escolas e empresas. Esta paragem, ainda que necessária, está a prejudicar tanto o ensino dos jovens como a produtividade dos profissionais, por isso, o Go Live torna-se numa grande mais valia.

Lê Também:   Xbox Game Pass Ultimate | O passe que te vai deixar colado ao ecrã

O serviço gratuito permitia que até dez pessoas estivessem ao vivo, podendo comunicar por voz e partilhar os seus ecrãs. Normalmente usado com foco nos livestreams, o serviço está agora aberto até 50 pessoas e serve como uma plataforma de trabalho remoto ou de aulas virtuais.

Nós queríamos encontrar uma forma de ajuda, por isso, aumentámos temporariamente o limite do Go Live para 50 pessoas, em vez de 10. O Go Live é gratuito e permite que as pessoas partilhem, em privado, os programas do seu computador enquanto o público pode ver em qualquer aparelho – os professores podem conduzir as suas aulas, os profissionais podem colaborar, e os grupos podem-se continuar a encontrar.

Citron termina avisando que é possível que existam alguns problemas de performance, mas que eles serão resolvidos o mais depressa possível. Se precisas de trabalhar com outras pessoas, podes confiar no Discord para te ajudar. Uma plataforma que se apresenta como uma boa solução à dificuldade de nos encontrarmos pessoalmente nos próximos meses.

Já usavas o Discord? Conheces alguém que já o adotou como plataforma de trabalho?



Também do teu Interesse:


About The Author


0 thoughts on “Discord incentiva o trabalho remoto e as aulas virtuais

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *