© Square Enix

Final Fantasy XIV | Porque continua a sua popularidade a crescer

Lançado em 2013, “Final Fantasy XIV: A Realm Reborn” tem se mantido um dos MMORPGs mais populares no mundo, tornando-se num jogo que não podes deixar de experimentar. Neste artigo, trazemos-te algumas das razões que o tornam tão interessante, mesmo quase dez anos após a sua estreia.

A aventura de “Final Fantasy XIV” começou em 2010 aquando do lançamento de uma primeira versão mal recebida pelos fãs e pela crítica. Em resposta, a Square Enix recomeçou do zero e não voltou a desapontar, trazendo-nos “A Realm Reborn”, cujo conta atualmente com quatro pacotes de expansão, nomeadamente, “Heavensward” (2015), “Stormblood” (2017), “Shadowbringers” (2019), e “Endwalker” (novembro de 2021). Introduzindo-se de forma breve a este título, vamos ao que interesse, e às seis razões que te vão levar a experimentá-lo

Lê Também:
Podcast | O novo programa da MagazineHD!

Disponível em multi-plataformas com cross play e cross progression

Este jogo online está disponível para Windows, macOS, PlayStation 3, PlayStation 4, e PlayStation 5. Isto significa não apenas que podes jogar na tua plataforma de eleição, como podes alternar entre plataformas consoante a tua vontade – graças ao sistema de cross progression. Por outro lado, o cross play permite-te jogar com os teus amigos independentemente da plataforma que usam.

ffxiv
© Square Enix

Podes experimentar via free trial

Uma das desvantagens de “Final Fantasy XIV” para muitos potenciais jogadores, é o facto de existir uma mensalidade associada ao jogo. Contudo, se gostarias de experimentar antes de tomares uma decisão, podes optar pelo free trial. Neste período, podes alcançar o nível 60 e tens acesso ao conteúdo base do jogo, bem como o da DLC “Heavensward”. No total, são mais de 100 horas garantidas de diversão que te permitem ficar a conhecer bem o jogo, o mundo, o gameplay, e todos os elementos de que precisas para tomar uma decisão informada.

Muda de classe e profissão conforme a tua preferência

Começas o jogo como um poderoso tank mas com o tempo gostavas de experimentar ser healer? Não te preocupes, no “FFXIV” basta mudares de arma e já está! São cerca de vinte os papeis que podes adotar consoante o que queres fazer, depois de alcançares o nível 10 – algo muito fácil de fazer. Isto é perfeito não apenas em termos de recursos, mantendo-te na mesma personagens, como te permite mudar relativamente cedo caso te tenhas enganado na escolha inicial de classe, ou acabes por não gostar da classe que escolheste. Claro, esta opção torna a rejogabilidade infinita.

Raids e Dungeons são super acessíveis a novos jogadores

Uma das coisas que mais gostei quando comecei a jogar “Final Fantasy XIV” foi a facilidade com que um novo jogador consegue encontrar grupos para quests especiais e dungeons – tudo acessível através dos menus. A primeira vez que entras numa dungeon tens de ir fisicamente ao lugar mas depois basta usares o menu para entrares num queue automático, que irá encontrar outros jogadores com habilidades semelhantes. Além disso, o jogo irá encontrar as classes necessárias para o desafio, evitando grupos com 4 healers ou grupos sem heal de todo.

ffxiv
© Square Enix

A comunidade é avisada de que és um novato

Sim, meu querido newb, toda a gente vai saber que és um novato! E isto é espectacular! A comunidade de “FFXIV” é bastante acessível e quando começas a jogar terás uma pequena semente no topo da tua cabeça. Este ícone avisa os outros jogadores de que és novo e permite que os mais experientes de dêem dicas, especialmente nas dungeons. Por outro lado, se cometeres erros, algo normal no início, a equipa compreenderá porquê e, regra geral, irá ajudar-te no que precisares. Posso te dizer que demorei muito muito tempo até ler um “healer noob” no chat, e isso diz muito deste jogo.

Uma história envolvente e sem fim

Claro, a história é sempre importante no que diz respeito a um MMORPG, e “Final Fantasy XIV” não tem apenas uma boa história principal como boas missões secundárias que te permitem conhecer melhor o mundo em que te encontras, envolvendo-te completamente. A narrativa é algo também em constante expansão, por isso, nunca te faltará o que fazer.

Alguma fez jogaste “FFXIV”? Se ainda não experimentaste e procuras um jogo duradouro e que te proporcione longas horas de diversão, com uma comunidade impecável e sempre pronta a ajudar, este é o título para ti.

Ângela Costa

Mestre em Cinema pela Universidade da Beira-Interior, sou apaixonada pelo cinema japonês e toda a cultura que o envolve. Adoro igualmente fotografia e se tiveres curiosidade passa no meu Instagram ;) Música e videojogos são dois outros grandes interesses.

Ângela Costa has 2222 posts and counting. See all posts by Ângela Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *