In a Heartbeat: a curta de animação que anda a comover a Internet

Beth David e Esteban Bravo, estudantes de animação, produziram uma curta-metragem animada que se tornou viral nas redes sociais. “In a Heartbeat” foi disponibilizada no Youtube esta segunda-feira e já conta com mais de cinco milhões de visualizações.

O filme, realizado na Ringling College of Art and Design, conta a história de amor entre dois adolescentes do mesmo sexo. Ao longo de quatro minutos, acompanhamos um dos jovens enquanto corre – literalmente – atrás do seu coração, o qual decide perseguir o rapaz de quem gosta.

Sem qualquer tipo de diálogo, a curta-metragem exprime-se sobretudo através da banda-sonora composta por Arturo Cardelús e, claro, pela sua animação muito semelhante ao estilo da Pixar.

Os dois estudantes universitários criaram um fundo monetário e conseguiram arrecadar mais de 14 mil dólares para a realização deste projeto. O seu propósito foi, segundo os autores, compensar a falta de tratamento de narrativas e personagens LGBT nos média e nos filmes de animação, principalmente naqueles destinados às crianças.

Lê Também:
A verdade sobre o código A113

“In a Heartbeat” tem um papel importante na representação da inclusão na indústria do cinema e rapidamente foi aclamado pela comunidade LGBT. A Human Rights Campaign, uma das maiores organizações de direitos civis LGBT, chegou, inclusive, a publicar o vídeo no seu perfil do Twitter, com a descrição “todos nos conseguimos identificar com isto”.

A doçura e simplicidade, no entanto, tocaram todos os que assistiram à curta, gerando uma onda de respostas nas redes sociais e servindo de inspiração para fan art.

“IN A HEARTBEAT” | PREPARA OS LENÇOS E VÊ AQUI A CURTA-METRAGEM

Confessa lá… ficaste com a lágrima no canto do olho ou foste dos poucos resistentes?

Rita Cabral

Aspirante a jornalista e apaixonada por cultura. Sonhadora incurável e realista inata. Cativada por quase tudo o que existe.

Rita Cabral has 37 posts and counting. See all posts by Rita Cabral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *