Mass Effect 3 (PC)

[like_to_read]

 

Editora: Electronic Arts

Produtora: BioWare

Género: RPG

Plataformas: PC, PlayStation 3, Xbox 360

Classificação Etária: 18+

Data de Lançamento: 9 de março de 2012


 

Os fãs do género RPG ficaram a conhecer em 2007 o primeiro título da série “Mass Effect”, um jogo que criou um universo novo e cativante, repleto de raças alienígenas, tecnologia e lendas próprias. Cinco anos depois, a aventura atinge o seu clímax e o resultado final consegue alcançar o patamar de excelência.

Os Reapers, uma raça alienígena antiga e destrutiva, invadiram o planeta Terra com a missão de destruir tudo em seu redor. O destino do universo está nas mãos do lendário Comandante Shepard e dos seus camaradas de armas. O militar tem como missão principal reunir um exército intergaláctico capaz de enfrentar os poderosos inimigos.

“Mass Effect 3” segue a fórmula dos outros títulos da série, ou seja, o jogador tem que realizar missões de forma a avançar na história e explorar os diferentes planetas para adquirir recursos. O protagonista pode ser totalmente personalizado, desde as características físicas às suas habilidades, e as escolhas tomadas ao longo da aventura terão impacto no desenrolar dos acontecimentos.

O jogador controla Shepard e conta com o apoio de dois companheiros durante as cenas de batalhas. A vitória nos confrontos estará dependente do trabalho em equipa, sendo possível selecionar as armas e habilidades do grupo.

Como é da praxe nos jogos da BioWare, os jogadores podem contar com uma história interessante e emocionante, com personagens e momentos memoráveis. “Mass Effect 3” apresenta momentos emocionantes e cenas repletas de ação que nos impelem a não desistir da luta.

O jogo tem um modo multijogador cooperativo, onde o jogador pode aliar-se com outros três jogadores e enfrentar várias ondas de inimigos enquanto vai cumprindo as missões que são apresentadas. Neste modo, também é possível personalizar o nosso herói, escolhendo a raça, equipamento e habilidades.

No que toca a gráficos, não existem grandes diferenças em relação ao jogo anterior. O sistema de combate foi melhorado, permitindo movimentos mais fluidos que facilitam tanto os ataques como a procura de proteção. O processo de procura de recursos, que exigia que enviássemos sondas para todos os planetas disponíveis, foi amenizado, o que diminui o tempo dedicado a esta atividade algo entendiante.

“Mass Effect 3” conclui as aventuras do Comandante Shepard de uma forma espantosa, levando o jogador numa aventura repleta de ação e emoção. O final do jogo pode ter despertado reações polarizantes nos fãs, mas é natural. São poucos os jogos que conseguem fazer com que um jogador invista tanto de si, logo é de esperar que nem todos tenham o final que tanto ansiavam. Mas uma coisa é certa: ninguém irá esquecer a saga de Shepard nem os obstáculos que este teve que enfrentar.

[/like_to_read]

Pedro Dias Marques

Pedro é um fã do mundo dos videojogos desde que aos seis anos recebeu uma consola da Nintendo no Natal. O tempo foi passando e essa paixão pelo mundo virtual foi sendo reforçada pela evolução dos jogos. Adora um bom jogo de ação e um RPG com uma história memorável.