Os melhores e piores posters da semana (21/05-28/05)

Um grito de Victória Guerra, o luminoso semblante de Alicia Vikander e o olhar vácuo de Nick Jonas são algumas das mais memoráveis imagens entre a nossa seleção dos melhores e piores posters desta semana.

Depois de várias semanas dominadas pelos filmes do festival de Cannes, temos agora uma seleção de posters sem um único título desse paraíso cinematográfico na Riviera Francesa. Pelo contrário nesta semana voltamos a ter versões americanas de filmes há muito estreados na Europa, filmes de estúdio, produções independentes e alguns dolorosos desastres de Photoshop medíocre e terrível design.

 


 

OS MELHORES POSTERS DA SEMANA

Primeiro, temos os melhores posters da semana, onde a simplicidade combinada com grafismos impactantes parece ser a ordem do dia.

 

cosmos melhores posters

Começamos com o novo cartaz americano para Cosmos, o último filme de Andrzej Zulawski que já estreou em salas portuguesas o ano passado. Nesta vibrante imagem, a face aterrorizada ou em êxtase da atriz Victória Guerra é usada como motivo central de onde se estende a silhueta estilizada de uma árvore com um pássaro enforcado. É certo que tais grafismos parecem prometer um filme de terror, mais do que uma experimentação existencial mas o impacto visual deste poster é inegável.

Lê Também: Cosmos, em análise

 

wiener dog poster

De uma imagem de horror passamos a peculiar comédia com o novo cartaz de Wiener-Dog, a mais recente obra do realizador Noah Baumbach. Aqui a simplicidade é a chave do humor e do génio, com uma cor suave a encher o fundo, o elenco luminoso listado a um canto e o traseiro de um cão salsicha a servir de foco visual. Estranho, quirky e perfeitamente apropriado ao divertido e descontraído que caracteriza os melhores filmes deste ícone do indie americano contemporâneo.

Consulta Também: Sundance Film Festival | Filmes com Distribuição Assegurada

 

tulip fever melhores posters

Finalmente chegamos a um poster que poderá parecer um pouco banal com a sua aparência de uma foto do Instagram e uso pouco criativo da sua atriz principal. No entanto é difícil negar a beleza deste cartaz para Tulip Fever, onde a suave luz, esquema cromático e simples composição servem apenas para exacerbar a magnificência de Alicia Viknder, acabada de ganhar um Óscar e aqui de novo no registo do cinema de época. O melhor é mesmo a palavra FEVER a sobrepor-se ao título do filme, num toque de incongruente e refrescante hipérbole.

 


 

OS PIORES POSTERS DA SEMANA

Infelizmente, nem tudo é bom no mundo dos cartazes de cinema e a acompanhar os melhores posters da semana vêm sempre os piores que aqui apresentamos.

 

careful what you wish for posters

Desde a sua composição cliché, ao seu uso de cor tão forçosamente sério que é mais ridículo que dramático e o olhar vazio dos dois atores mal integrados no cartaz final, o novo poster de Careful What You Wish For é tão hilariante na sua mediocridade que quase se torna merecedor de uma posição de destaque entre os melhores posters da semana. O final golpe de incompetente génio é o efeito de desgaste que foi aplicado por cima da imagem para ainda conferir maior drama e seriedade.

 

mestres da ilusão 2 posters

De dois atores a olharem diretamente para a câmara sem expressão, passamos a oito que olham diretamente para a câmara num novo poster de Mestres da Ilusão 2. Se formos honestos, é certo que apenas metade dos atores está inexpressivo, os outros têm variações de confusão, aborrecimento ou leve irritação, mas isso são apenas pormenores. Independentemente da competência deste elenco enquanto modelos fotográficos, é compreensível que os designers deste cartaz tenham querido realçar o elenco do seu filme, sendo que o primeiro filme teve sua grande salva graça no carismático grupo de atores que encarnou o seu louco enredo, mas convinha que tal realce fosse melhor executado, especialmente em termos de composição.

Vê Ainda: Now You See Me 2 | Trailer oficial já divulgado

 

Para encerrar a seleção da semana, temos dois cartazes para o mesmo filme. Depois de um teaser quase minimalista na sua abordagem, The Shallows tem vindo a apresentar das mais desinteressantes coleções de posters do ano. Os dois mais recentes acusados do crime de ferirem a vista de cinéfilos inocentes são estes exemplos da Alemanha e do Japão. Na versão germânica, uma pueril tentativa de copiar o icónico cartaz de Tubarão tem como resultado uma imagem inócua e esquecível, enquanto no poster nipónico temos o cansativo cliché da cabeça gigante da protagonista a flutuar sobre uma cena do filme.

 


Esta semana foi caracterizada por designs que põem em destaque o elenco de seus filmes. Será que para a semana isto se vai repetir, ou teremos imagens mais abstratas ou focadas noutros elementos que não o esplendor de estrelas de cinema?


 

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Cláudio Alves has 1577 posts and counting. See all posts by Cláudio Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.