New York Film Critics Circle | Carol eleito o melhor de 2015

 

Os membros New York Film Critics Circle escolheram Carol um drama que se centraliza num romance lésbico, durante os anos 50, como o melhor filme de 2015.  

Ao que parece Carol, de Todd Haynes retomou em força nesta temporada de prémios, após as derrotas nos Gotham Awards (para O Caso Spotlight) e no National Board of Review (para Mad Max: Estrada da Fúria), venceu quatro prémios da New York Critics Circle (melhor filme, melhor realizador, melhor argumento e melhor fotografia). Mesmo assim nenhuma das atrizes foi galardoada já que os troféus nas interpretações foram para Saiorse Ronan e Kristen Stewart (melhor atriz e melhor atriz secundária, respetivamente). O Caso Spotlight venceu apenas melhor ator para Michael Keaton.

Uma pequena nota para o facto de ainda não existir um vencedor unânime dos circuitos e festivais de cinema, mas pelo menos Carol, O Caso Spotlight e Mad Max: Estrada da Fúria são filmes a ter em conta. Na animação é que parece não existir dúvidas com Inside Out: Divertida-Mente a receber o prémio que poderá arrecadar na noite dos Óscares do próximo ano.

New York Film Critics Circle
Carol venceu quatro prémios: melhor filme, melhor realizador, melhor argumento e melhor fotografia

Lê Também: Carol lidera as nomeações para os Spirit Awards

Lista Completa de Vencedores New York Film Critics Circle

Melhor Filme:

  • Carol, de Todd Haynes

Melhor Realizador:

  • Todd Haynes por Carol

Melhor Ator:

  • Michael Keaton por O Caso Spotlight

Melhor Atriz:

  • Saiorse Ronan por Brooklyn

Melhor Ator Secundário

  • Mark Rylance por A Ponte dos Espiões

Melhor Atriz Secundária

  • Kristen Stewart por As Nuvens de Sils Maria

Melhor Argumento 

  • Phyllis Nagy por Carol

Melhor Fotografia

  • Edward Lachman por Carol

Melhor Filme de Animação

  • Inside Out: Divertida-Mente

Melhor Primeiro Filme

  • Son of Saul

Melhor Filme Estrangeiro

  • Timbuktu

Prémio Especial

  • Prémio póstumo ao legado de William Becker e da Janus Films

Prémio Especial

  • Ennio Morricone, compositor

Melhor Filme (Não Ficção)

  • In Jackson Heights

Para mais informações sobre a temporada de prémios podes consultar o nosso Calendário da Awards Season 2015/2016

 

Virgílio Jesus

Era uma vez em...Portugal um amante de filmes de Hollywood (e sobre Hollywood). Jornalista e editor de conteúdos digitais em diferentes meios nacionais e internacionais, é um dos especialistas na temporada de prémios da MHD, adepto de todas as formas e loucuras fílmicas, e que está sempre pronto para dois (ou muitos mais!) dedos de conversa com várias personalidades do mundo do entretenimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *