Nicolas Winding Refn apela ao bom comportamento na sala de cinema

 

A política é rígida mas o pedido de civismo chega sempre com humor: Nicolas Winding Refn é o protagonista do mais recente apelo “Don’t Talk” do Alamo Drafthouse Cinema.

 

Depois de Julie Delpy e Ethan Hawke, é a vez do realizador de “Drive” e “Only God Forgives” se juntar aos apelos para a ausência de conversas dentro da sala de cinema.

 

A cadeia norte-americana, que já é conhecida por cumprir as promessas de expulsão caso o comportamento viole as regras de boa fé, filmou Refn num ambiente descontraído, para transmitir uma mensagem muito simples, mas eficaz: o realizador pode parecer um bom rapaz, mas tem um Ryan Gosling, e não tem medo de o usar.


Don’ Talk – Nicolas Winding Refn from Alamo Drafthouse on Vimeo.

 

Catarina Oliveira

Licenciada em Ciências da Comunicação e com formação complementar em Design Gráfico, além de editora e diretora criativa da MHD é também uma das sócias fundadoras da mais recente face da empresa. Colaboradora de Cinema na Vogue Portugal. Gestora de conteúdo na Lava Surf Culture e NOS Empresas - Criar uma Empresa. Autora do blog de Cinema Close-Up.

Catarina Oliveira has 1455 posts and counting. See all posts by Catarina Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *