Spider-Man mais perto do universo cinematográfico da Marvel

 

Nesta semana temos recebido informações importantes sobre o futuro da saga Spider-Man no grande ecrã. Neste artigo, procuraremos fazer um breve resumo das informações explosivas às quais tivemos acesso nos últimos dias.

Em primeiro lugar, descobriu-se que existiam negociações avançadas entre a Sony e a Marvel para que a personagem, correntemente interpretada por Andrew Garfield, fosse incluída no universo compartilhado da Marvel. Caso isto acontecesse, Spider-Man poderia aparecer em Captain America: Civil War ou, pelo menos, em Avengers: Infinity War. Esta informação foi revelada pelo Wall Street Journal no princípio da semana, incendiando imediatamente a imaginação dos inúmeros e dedicados fãs do herói aracnídeo espalhados pelos quatro cantos do planeta.

Para aqueles que não se encontram ao corrente, a Sony detém os direitos da personagem no que diz respeito a adaptações para o cinema, o que significa que é o único estúdio legalmente autorizado a criar filmes baseados na personagem. A Marvel vendeu os direitos à Sony há muitos anos atrás, bem antes da inauguração dos estúdios Marvel de cinema e da consequente criação do seu universo cinematográfico que reúne todos as grandes personagens da companhia à exceção daqueles cujos direitos foram previamente vendidos. Este é o caso de Spider-Man, assim como dos franchises X-Men e Fantastic Four, cujos direitos recaíram na Fox.

Com o sucesso do universo cinematográfico, a Marvel tem estado a tentar de forma frenética recuperar os direitos cinematográficos dos seus personagens de forma a poder inclui-los no universo partilhado. Até ao momento teve sucesso em alguns casos como com os franchises The Punisher e Daredevil, mas tanto a Fox, com X-Men e Fantastic Four, como a Sony, com Spider-Man, têm resistido de forma firme ao interesse da Marvel em recuperar os direitos cinematográficos das suas criações.

Lê Também:
Tom Holland vai continuar a ser Homem-Aranha por mais algum tempo

Nos últimos tempos as especulações sobre uma possível recompra dos direitos de Spider-Man por parte da Marvel têm-se multiplicado, já que a personagem é extremamente importante na saga Civil War da banda desenhada, que será adaptada em Captain America: Civil War.

Agora, graças ao Wall Street Journal, sabemos que tais especulações tinham um fundamento sólido, já que a Marvel e a Sony têm estado efetivamente a negociar um acordo que permitiria a Spider-Man fazer uma ou mais aparições no universo cinematográfico construído pela Marvel. No entanto, infelizmente para os fãs, parece que estas negociações não chegaram, pelo menos até agora, a um bom porto.

A publicação norte-americana teve acesso a uma série de emails trocados entre altos executivos da Sony e da Marvel (divulgados na sequência dos ataques cibernéticos sofridos pela Sony recentemente) , discutindo diferentes cenários de colaboração entre as duas companhias que levariam a uma partilha da personagem entre os dois estúdios e os seus respetivos universos cinematográficos. Uma das possibilidades discutidas a fundo seria a criação de uma nova trilogia Spider-Man produzida pela Marvel mas com a Sony autorizada a reter o controle criativo, assim como o controle sobre o marketing e a distribuição dos filmes. Noutro email, os executivos da Marvel terão efetivamente solicitado a utilização de Spider-Man no filme Captain America: Civil War.

Aparentemente, as negociações não chegaram a bom porto, mas isto não quer dizer que a história tenha terminado aqui. Fontes do site Latino Review indicam que embora a Sony e a Marvel não tenham chegado até agora a um acordo, os executivos da Sony, principalmente da companhia mãe japonesa, estão descontentes com o estado atual da propriedade Spider-Man e vêm um futuro acordo com a Marvel como uma boa maneira de revitalizar o franchise tanto em termos criativos como económicos.

Lê Também:
Hawkeye, primeiras impressões da nova série Disney+

Concluindo, está confirmado que as negociações entre a Sony e a Marvel para trazer Spider-Man ao universo partilhado são uma realidade e está também confirmado que até agora essas negociações não deram frutos. No entanto, sabemos agora também que existe interesse da parte da Sony em voltar à mesa de negociações, e portanto, ver Spider-Man no universo Marvel cinematográfico não é certamente algo impossível. Caso as duas companhias cheguem finalmente a um acordo, o ideal seria que Spider-Man pudesse fazer parte do elenco de Civil War como nos “comics”, mas a possibilidade de uma nova trilogia produzida pela Marvel  ficou também em aberto.

Finalmente, tem-se falado também de outro rumor que merece ser mencionado aqui embora tenha um pouco menos fundamento do que as notícias que acabamos de revelar. Este rumor, discutido no site IGN, consiste na possibilidade do regresso de Sam Raimi (responsável pela trilogia original) ao franchise Spider-Man, na qualidade de realizador ou produtor. No entanto, neste momento isso não parece muito provável, tendo em conta que Sam Raimi está ocupado com outros projetos como a série de televisão Ash vs Evil Dead na Starz e que, há apenas alguns anos atrás Raimi foi essencialmente despedido pela Sony e substituído por Marc Webb depois do fracasso (relativo) de Spider Man 3.

 

Bruno Vargas

Cidadão do mundo, amante do cinema, da televisão, da banda desenhada, dos videojogos, da literatura, da história, da filosofia e da política. Acredito que o Fight Club é o melhor filme alguma vez feito, e que o Tarantino é o melhor realizador dos tempos modernos. O meu super-herói favorito é o Batman embora, se tivesse de escolher, preferisse sem dúvida ser o Super-Homem.

Bruno Vargas has 63 posts and counting. See all posts by Bruno Vargas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *