Star Wars junta-se ao mundo psicadélico com o álbum The Dark Side of the Moon

Depois de O Feiticeiro de Oz, é agora a vez de Star Wars entrar no mundo psicadélico através da junção do mesmo ao mítico álbum dos Pink Floyd, The Dark Side of the Moon. 

Um dos mitos mais conhecidos, é o de que se colocarmos o álbum The Dark Side of the Moon ao mesmo tempo que o Feiticeiro de Oz, certas partes instrumentais e da letra alinham-se perfeitamente com aquilo que podemos ver no ecrã.

Agora chegou um candidato forte, pronto a ocupar o lugar do Feiticeiro de Oz, sendo este nada mais nada menos que Star Wars: O Despertar da Força. Pois é, ao que parece, segundo um utilizador do Reddit, o lado negro da força e o lado negro da lua andam de mão dadas.

Vê também: Rogue One: A Star Wars Story | Primeiro Teaser Trailer

O utilizador do Reddit, knnl, criou um guia que nos mostra como é que o álbum se encaixa na perfeição com os momentos chave de Star Wars: The Force Awakens. Este afirma que se colocarmos o álbum em repetição e carregarmos play quando o texto inicial desaparecer, poderemos encontrar ligações bastante interessante, tais como:

  • A letra da música Time, nomeadamente a parte onde podemos ouvir Syd Barret cantar, “Kicking around on a piece of ground in your home town, waiting for someone or something to show you the way”, aparece quando Rey está no deserto.
  • A letra, “Black on Blue“, aparece quando Finn ativa o sabre de luz de Luke.
  • Podemos ouvir a Brain Damage durante a última cena do filme, fazendo com que a letra, “You raise the blade/You’ll make the change/you’ll rearrange me until I’m sane”, apareça quando Rey está a entregar o sabre a Luke.
Lê Também:
Star Wars: A Ascensão de Skywalker | Disney mostra o filme mais cedo

Lê tambêm: Star Wars: O Despertar da Força | Sessão de cinema com extras exclusiva para clientes NOS

É sem dúvida arrepiante, o quão bem estas duas obras se encaixam, fazendo-nos até pensar se o filme não foi escrito ao som do álbum. Embora o utilizador refira certos pontos onde as letras se encaixam no filme, este não refere nada sobre as partes instrumentais.

Star Wars: O Despertar da Força já está disponível em Blu-ray e DVD, e um vídeo de cinco minutos, onde podemos ver a cena inicial do filme ao som do álbum, foi colocado no Vimeo.

Qual é a vossa opinião? Será que ambos realmente encaixam, ou será tudo um simples devaneio?


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *