The Noble Assassin de Cary Fukunaga consegue escritores de Assassin’s Creed

Novos escritores poderão revitalizar o projecto adormecido do realizador de “True Detective”.

Matthew-McConaughey2

Cary Fukunaga provou ser uma mente muito singular no que toca a desenvolver e contar histórias no ponto de vista de realizador de cinema. A primeira temporada de “True Detective” surpreendeu os fãs de televisão com o seu espírito negro, caracterização e performances do seu elenco e, Fukunaga recebeu totais créditos pelo sucesso do projecto da HBO. Foi então na Netflix que o realizador provou merecer atenção em qualquer projecto que esteja envolvido, com o lançamento da sua longa-metragem “Beasts Of No Nation” – um filme adorado pela crítica e audiências e um grande esquecido nas cerimónias de prémios.

LÊ TAMBÉM: Guia das Estreias de Cinema | Maio 2016

Actualmente, o realizador está envolvido com um projecto também por si só bastante único. Um drama da Segunda Guerra Mundial, baseado num livro ainda não publicado de Paul Kix, chamado “The Noble Assassin” – uma história «sobre um aristocrata francês treinado pela Operações Executivas Especiais Britânicas para se tornar um sabotador anti-Nazi». A longa-metragem ainda não tem qualquer nome listado no elenco, e originalmente Scott Silver (“O Vencedor” e “8 Mile”) iria escrever o argumento, mas ao que parece, a dupla de Adam Cooper e Bill Collage servirão como escritores oficiais da adaptação.

cary fukunaga trabalha com novos escritores

Existe uma diferença no estilo da escrita e a escolha original sempre encaixava no estilo metódico de Cary Fukunaga, mas a verdade é que a dupla de Cooper e Collage tem estado na frente de alguns dos maiores blockbusters recentes, sendo que Assassin’s Creed com Michael Fassbender (a estrear em Dezembro deste ano) é a sua mais recente composição. No seu currículo a dupla também conta com trabalhos em “Exodus: Deuses e Reis” e “Série Divergente: Convergente” e, está actualmente a desenvolver em destaque a produção de Scorsese, “The General”.

O projecto está debaixo de olho e de escrutínio de vários cinéfilos e a escolha pouco ortodoxa dos novos dois escritores, poderá ditar em muito, o sentido que querem chegar com a nova produção. A dupla é conhecida pelo seu humor, e por isso, “The Noble Assassin” de Fukunaga não seja tão negro como o que o realizador nos mostrou previamente e, dessa forma, mais interesse há para ver onde o jovem realizador americano pode chegar.


 



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *