Unbreakable Kimmy Schmidt | Primeiras Impressões da Segunda Temporada

“Unbreakable Kimmy Schmidt” regressa com a sua segunda temporada à Netflix a 15 de Abril.

A primeira temporada de “Unbreakable Kimmy Schmidt” foi uma surpresa audaz por parte de todos os envolvidos – uma comédia preenchida com personagens coloridas e diferentes, que ajudavam um aparente ridículo argumento seguir em frente de forma bastante orgânica e jovial. A sátira cómica geralmente está mais presente em programas informativos como “The Daily Show”, mas a equipa dos criadores Tina Fey e Robert Carlock, conseguem numa narrativa divertida atacar vários problemas da sociedade através da pouca, mas variada, panóplia de personagens, encabeçadas por Kimmy (Ellie Kamper) e dando a conhecer o carismático Titus (Tituss Burgess). Num veredicto sumário, a primeira temporada conquistou fãs e críticos, e dessa forma angariou para a Netflix mais um produto de sucesso.

unbreakable kimmy schmidt

Consulta : 10 Trilogias de Cinema Disponíveis na Netflix Portugal

Apenas a 24 horas da estreia da série, conseguimos na MagazineHD assistir já aos primeiros seis episódios em avanço da nova temporada – felizmente a qualidade mantém-se irreversível, mesmo tendo a série alterado o seu modelo para que se consiga incluir mais no desejado formato para o binge-watch. A história sente-se a evoluir nesta nova temporada, passando do recomeço da vida de Kimmy Schmidt, após ter estado presa num bunker durante 15 anos, para uma Kimmy ainda ingénua, mas muito mais preparada para aguentar com todos os problemas que a vida lhe apresenta – sejam eles românticos, financeiros ou familiares. Dessa forma o regresso da série começa com uma cena natalícia em que as nossas personagens estarão envolvidas, todos eles montando o destino das suas arcas narrativas para esta nova aventura, dando dessa forma um propósito para que os episódios nos guiem até este momento.

Lê Também:
Noah Centineo será protagonista de série Netflix

Kimmy-Schmidt-Season-2-21

 

 

Lê Também: Flaked | Primeira temporada, em análise

A segunda temporada mantém o seu tom bastante leve e não se foca tanto no passado de Kimmy (e ainda bem!), dando espaço para que as suas personagens secundárias possam brilhar. Em concreto, Tituss Burgess e Jane Krakowski são uns completos show-stealers – ele como o homossexual esplendoroso, em dúvidas sobre uma relação séria, e ela como a antiga rica que procura manter o seu lugar de respeito na sociedade, enquanto procura uma maior ligação às suas raízes nativo-americanas. Dessa forma, quase que podemos admitir que Kimmy funcionou como personagem secundária na sua própria série e, sendo o plot device para a evolução dos seus companheiros, acaba ela mesmo por evoluir as relações com todos.

Não se pode também deixar de notar a importância que a senhoria Lilian (Carol Kane) ganha na série – outrora uma personagem que aparecia nos momentos menos oportunos e, em muitas das vezes, sem quaisquer razões lógicas para tal, aparece nesta nova temporada como a voz da razão para as aventuras de todos. A brilhante actriz veterana consegue química com todo o belo elenco da série, e o seu passado misterioso, consegue cativar as audiências para as vezes que somos apresentados a pequenos detalhes do mesmo.

Lê Também:
Vivo, de Lin-Manuel Miranda recebe trailer na Netflix

A primeira temporada ficou também conhecida pelos seus cameos, com John Hamm e Tina Fey a dar o ar da sua graça e, dessa forma, é de esperar que a nova temporada mantenha o estilo de convidado-especial – alguns nomes como David Cross e Jeff Goldblum por exemplo, são mais do que confirmados na nova série e sem qualquer dificuldade, encaixam perfeitamente no mundo trapalhão de “Unbreakable Kimmy Schmidt”.

UKS_207_01484R2

 

Lê Mais: Doutor Estranho | Trailer Legendado

A segunda temporada é sem dúvida uma “must-see” para os fãs da série – mantém os seus temas sérios sobre amizade, exclusão social, bullying, etc – mas entrega-os de uma forma tão ingénua que não conseguimos deixar de nos sentir ligados às suas personagens. Infelizmente, perder a relação de Kimmy com as crianças de Jacqueline, é um ponto triste, mas lógico na evolução da história e o foco noutras personagens mantém a série criativa, fresca e original. Um elenco pequeno, mas bastante competente e que sem dúvida, torna esta segunda temporada o melhor que este mês de Abril tem para oferecer em comédias no serviço da Netflix.

 


Título Original: Unbreakable Kimmy Schmidt
Criadores:  Tina Fey e Robert Carlock
Elenco: Ellie Kamper, Tituss Burgess, Carol Kane e  Jane Krakowsk
Netflix | Comédia | 2016 | Temporada 2


unbreakable kimmy schmidt[starreviewmulti id=19 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]
 


MM

 

Marcos Mendes

Um membro representante da cultura geek, criativo e apaixonado pela sétima arte. Sigam-me no Facebook para mais comentários e opiniões sobre o mundo do cinema e televisão.

One thought on “Unbreakable Kimmy Schmidt | Primeiras Impressões da Segunda Temporada

  • Poucas personagens o que talvez só ajude esta série a ter sucesso. Já vi a primeira e a segunda e acho que tem pernas para haver uma terceira temporada. Gostei do que vi até agora exceptuando o padrasto da Kimmy que está algo a mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *