10 estreias a não perder nos Canais TVCine | Um Ano Muito Violento

 

 

O ano de 1981 em Nova Iorque foi um dos mais violentos de que há memória, com um invulgar registo de crimes. É este o cenário de Um Ano Muito Violento em que Abel (Oscar Isaac) e Anna Morales (Jessica Chastain), um casal que tenta vingar nos negócios, sendo ele de origem hispânica.

<< Parte 9

Abel Morales (Oscar Isaac) , um emigrante vindo da América do Sul, estabeleceu-se em Nova Iorque, mais precisamente em Brooklyn, e tem uma empresa de óleo para aquecimento. É casado com a bela Anna (Jessica Chastain) e tenta expandir os seus negócios, numa sociedade decadente e dominada por gangues rivais, onde a corrupção é força de lei. Mas Abel quer manter-se fiel aos seus princípios e seguir o seu caminho dentro de legalidade, sem ceder à tentação das escolhas mais fáceis. As suas opções vão apertando as condições do casal e da sua empresa, com várias guerras compradas e várias frentes de combate entre os criminosos de Nova Iorque.

Lê Também:
Hollywood | Os melhores castings intergeracionais

Lê mais: Christian Bale e Oscar Isaac protagonistas em The Promise

 

Um ano muito violento

 

Lê também: Kathy Bates e Susan Sarandon juntam-se a Jessica Chastain e Kit Harington no novo filme de Xavier Dolan

Simultaneamente surgem problemas com Lawrence (David Oyelowo), assistente do procurador distrital, preocupado em investigar um eventual esquema de preços combinados. Encurralado num beco, Abel vai descobrir que o seu maior aliado e quem o pode salvar é a sua mulher.

Lê ainda: Jessica Chastain no elenco do filme The Huntsman

Um Ano Muito Violento foi aplaudido pela crítica, sobretudo a interpretação de Jessica Chastain, que foi nomeada ao Globo de Ouro para Melhor Atriz Secundária.

 

 

Um Ano Muito Violento é uma estreia a não perder, no dia 26 de dezembro, às 21h30, no canal TVCine 1.

<< Parte 9

 

Lê Também:
Hollywood | Os melhores castings intergeracionais

Filipa Machado

Licenciada em Estudos Artísticos e uma grande apaixonada (e viciada) por Literatura, Televisão, Cinema e, em especial, por Animação Japonesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *