2014 FIFA World Cup Brazil (PS3) | Análise

 

 fifa world cup  

  • Editora: Electronic Arts
  • Produtora: Ea sports
  • Plataformas: PS3, Xbox 360

Classificação  [starreviewmulti id=8 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]

 

Agora que o Mundial se aproxima, a EA volta a lançar um jogo sobre este grande evento desportivo. Tal como outras vezes aconteceu, a EA tenta convencer os jogadores que este jogo merece ser jogado e não é apenas mais um jogo, num tema diferente, mas igual em tudo o resto ao jogo anterior. Claro que neste caso não é fácil conseguir estar ao nível de Fifa 14 e a EA também sabe que se trata de um jogo mais limitado em termos comerciais. Por isso, decidiu apenas lançar o jogo para PS3 e Xbox 360, deixando de fora o PC e a nova geração.

Posto isto a comparação tem de ser feita em relação a Fifa 14, versão PS3 que analisámos o ano passado. Começando pela parte gráfica, a EA aposta claramente no espetáculo. Tudo neste jogo é a festa que o Brasil é capaz de criar e, certamente, irá oferecer no Mundial de Futebol. Toda a apresentação do jogo é uma verdadeira festa, desde a apresentação das equipas e estádios, passando pelas músicas, sempre alegres, vivas, e com um toque de Brasil.

4

Com cores mais vivas e os estádios a apresentar um espetáculo que estas consolas nunca tinham tido, a EA aproveitou para nos dar a oportunidade de, entre lances do jogo, vermos os selecionadores a gesticular, aplaudir ou dar instruções, sendo que se torna muito fácil conhecer Paulo Bento e Scolari, entre outros. A isso junta-se o pormenor de cada seleção ter o seu local onde adeptos se reúnem, e durante o jogo também teremos acesso às imagens da festa. O nosso local é a Praça do Comércio e os fãs estão sempre a puxar por nós.

1

Na jogabilidade também se notam algumas diferenças, e percebemos que também aqui a EA tentou criar o verdadeiro espetáculo do futebol. Fifa está agora mais rápido, mais fácil em alguns aspetos, por exemplo no remate, e com toda uma inteligência artificial mais atacante. O jogador habituado aos anteriores jogos, poderá sentir algumas alterações e estranhar certas mecânicas e movimentações, mas em poucos minutos conseguirá tirar partido de tudo o que este jogo tem para oferecer.

5

Em termos sonoros o ambiente nos estádios está muito agradável, tal como a banda sonora que, como já referimos, é alegre, bem ao espírito brasileiro. Lamenta-se o facto de não existirem comentários portugueses durante o jogo, mas os em inglês continuam com a qualidade que a saga nos habituou. Mas a grande diferença está quando entramos nos modos de jogo que simulam os Mundiais de Futebol. Agora, sempre que não estivermos em pleno jogo, enquanto andamos a mexer na tática ou a treinar os nossos jogadores, estaremos a ouvir as antevisões ou os “rescaldos” dos jogos do Mundial que estamos a jogar, sendo que devemos dar os parabéns à EA pelos fantásticos comentários que encaixam perfeitamente no que vai acontecendo durante a nossa campanha.

Mas onde Fifa continua fantástico é nos seus modos de jogos. Para além do já habitual Mundial, onde escolhemos uma seleção apurada e tentamos vencer, podemos ainda ser um só jogador e o objetivo é ser capitão e ganhar. Mas existem ainda outros modos, como a qualificação para o Mundial, onde podem escolher qualquer seleção de qualquer parte do globo, ou até fazerem o Mundial ao ritmo da nossa realidade, onde após cada fim de jogo, basta ligarem a vossa consola e tentam reescrever a História da competição. Para além disso, preparem-se para os grandes desafios, onde terão de conseguir as proezas da História dos mundiais e qualificações, com os mais variados desafios, como por exemplo, terem o controlo de Cristiano Ronaldo e façam o hat-trick contra a Suécia que levará Portugal ao Mundial. Tudo realista e cheio de detalhe, com uma enorme carga histórica. E estamos a falar apenas de modos offline, porque, como sempre, a EA também oferece uma fantástica variedade de opções. A questão é: estão à altura do desafio?

2

2014 Fifa World Cup Brazil é um jogo viciante, divertido e cheio de vida. Os vários modos que apresenta agarram-nos desde o primeiro instante e pedem para serem jogados. Escrever ou reescrever a História, consoante o modo que estamos a jogar, é algo que nos leva a não parar de jogar, e quando achamos que já fizemos tudo o que este jogo tem para oferecer, vemos que afinal ainda há mais.

3

Globalmente apenas peca por não existir um salto qualitativo em relação ao anterior, mas era algo que já sabíamos que seria assim, pois a EA não teria tempo para melhorar grandes aspetos na jogabilidade ou gráficos. No entanto, nota-se uma melhoria assinalável no público se tivermos por comparação Fifa 14 para esta geração. Se não têm Fifa 14, este é uma excelente opção, mas se já têm o anterior jogo da EA, então caberá a cada jogador decidir que este jogo traz novidades suficientes para ser comprado. Da nossa parte, com tanto para se fazer neste jogo, estaremos nestes relvados brasileiros por muito tempo…

 

Pontos fortes:

  • Animações dos adeptos em locais históricos
  • Muitos e viciantes modos de jogo
  • Mais rápido
  • Comentários antes e depois dos jogos estão fantásticos!
  • Todas as seleções do mundo

Pontos fracos:

  • Faltam os comentários em português

LP

Lê Também:
Mass Effect aproxima-se da Amazon Prime Video

Luis Pinto

Developer de videjogos e inteligência artificial - Autor do canal Luís Pinto - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!

Luis Pinto has 827 posts and counting. See all posts by Luis Pinto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *