Batman Arkham Knight – (PS4) | Análise

 

 Batman Arkham Knight  

  • Editora: Warner Bros.
  • Produtora: Rocksteady
  • Plataformas: PS4, Xbox One, PC

 

Classificação  [starreviewmulti id=8 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]

 

É uma das sagas mais aplaudidas dos últimos anos e tem aqui o seu grande final. Batman está de regresso às ruas de Gotham para enfrentar todos os seus inimigos, e com ele traz o seu Batmobile! Mas será este o final que todos desejamos e que a saga merece?

O que se destaca de imediato é a impressionante capacidade gráfica do jogo, onde tudo está perto do melhor que já vimos. Em primeiro lugar está a cidade de Gotham, verdadeiramente grande, muito polida e com detalhes que a tornam viva e única, encaixando perfeitamente no enredo e na jogabilidade do jogo. Mas não é só nas ruas de Gotham, onde muito é possível de ser destruído para nosso fascínio, que está a impressionante qualidade gráfica de Batman Arkham Knight. As movimentações dos personagens estão bastante realistas, as suas feições também, e durante os momentos de ação o jogo deslumbra qualquer jogador com um ritmo constante, sem quebras, que ajudam a proporcionar inesquecíveis momentos de ação.

batman

E é durante as lutas que Batman Arkham Knight demonstra ser um portento. Começando pela jogabilidade, o sistema de combate está ainda melhor do que nos anteriores jogos da saga. É intuitivo, é intenso e raramente fazemos algo que não queremos, oferecendo uma sensação de controlo total quer seja uma luta contra um ou dez inimigos ao mesmo tempo. O aspeto mais fraco do jogo será, provavelmente tornar-se repetitivo durante as missões em que iremos usar o Batmobile. Com o nosso veículo iremos ter de ultrapassar enigmas e inimigos, e as várias atualizações no Batmobile (em termos de armas e gadgets) são bem vindas durante o jogo, mas durante as missões secundárias poderão sentir alguma repetição na forma como irão enfrentar os desafios.

Todavia, a adição do Batmobile é de aplaudir, com uma boa jogabilidade durante os momentos de condução. Apenas podemos apontar o dedo ao facto de por vezes não fazer sentido o jogo obrigar-nos a ir de Batmobile até um certo local quando o poderíamos fazer a voar… que seria mais rápido e mais divertido. Aliás, um dos maiores momentos de diversão neste jogo é quando voamos sobre Gotham, numa inesquecível sensação de liberdade que se mistura com a sensação de imensidão que iremos presenciar.

Batman-Arkham-Knight-PS4

Na forma como avançamos no jogo, Batman Arkham Knight melhora a fórmula dos jogos anteriores, em que podemos escolher entre uma estratégia mais agressiva, em que atacamos constantemente, ou algo mais stealth em que vamos inutilizando os nossos inimigos, um a um, sem chamar atenções. Pelo meio quase nem notamos que Batman não está a matar nenhum dos inimigos que teremos pela frente.

Um aspeto bastante inteligente neste jogo é a forma como os cenários, bem estruturados, encaixam nas possibilidades que os nossos gadgets oferecem. A tal alia-se um maior foco nos puzzles e na resolução de crimes, dando a vários momentos um sentido de análise muito bem vindo. Mas claro que a nossa atenção estará nas lutas contra vários bosses que teremos durante o enredo. Infelizmente o jogo, neste aspeto, não consegue proporcionar o climax final desejado, principalmente porque as primeiras lutas contra bosses são tão boas ou até melhores do que as últimas.

Serão precisas cerca de 14 horas de jogo para acabarem o enredo, mas se quiserem fazer as missões secundárias, e muitas valem mesmo a pena, então o jogo poderá durar cerca de 30 horas sem o jogador sentir grande esforço. Em termos sonoros temos de aplaudir o fantástico trabalho de vozes que teremos pela frente. O trabalho dos atores está perfeito, com as vozes a darem as emoções necessárias e a encaixarem perfeitamente nos momentos e nas personagens. Tanto a banda sonora como os efeitos sonoros também estão no topo, e tanto nos momentos de lutas como de condução, os efeitos sonoros fazem muito bem o seu papel. E por falar nisso, já falámos sobre os efeitos de camera lenta durante as explosões que iremos criar e durante os momentos de luta? Fantásticos!

Arkham-Knight-Shot-02

Por fim falemos do enredo, fator essencial neste fim de saga. Esta história é sobre várias lutas, quer entre o bem e o mal, quer entre mentalidades sociais, mas principalmente entre a luta interior de alguns personagens. Batman é o foco, mas o elenco é de luxo e preparem-se para grandes momentos. Este é um enredo adulto, que será melhor compreendido se tiverem jogado os jogos anteriores. A realização e montagem do enredo está mesmo muito boa e apenas podemos assinalar que alguns diálogos parecem forçados para que certos momentos aconteçam. Todavia, muito do enredo e do seu impacto dependerá da capacidade, ou sorte, do jogador de descobrir a identidade do grande vilão.

batman-arkham-knight-screen-13-ps4-eu-07nov14

Batman Arkham Knight é um grande jogo e muito provavelmente o melhor jogo de super heróis de sempre. Para além disso é também um dos grandes jogos do ano, e forte candidato ao prémio, num grupo onde Bloodborne e The Witcher 3 esperam mais adversários. Se são fãs de Batman, joguem este jogo… se não forem fãs de Batman, joguem este jogo, e provalemente passarão a ser fãs.

Pontos fortes:

  • Gotham está fantástica
  • Equilíbrio entre lutas e stealth num sistema de combate incrível
  • Trabalho de vozes
  • Um final bem conseguido
  • Graficamente de topo

Pontos fracos:

  • Momentos repetitivos

 

Hardware usado pela MHD para teste de jogos:

PS4:

  • PlayStation 4 Glacier White
  • DualShock 4 White
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma

LP

 



Também do teu Interesse:


About The Author


Lê Também:   PlayStation Plus expande catálogo com vários jogos surpreendentes

One thought on “Batman Arkham Knight – (PS4) | Análise

  • Comecei à jogar recentemente e realmente é um espetáculo, mais até do que eu imaginava, show

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *