Buzz Lightyear © Disney/Pixar

Buzz Lightyear | Curiosidades da aventura Disney*Pixar

“Buzz Lightyear” leva os fãs da Disney*Pixar até uma nova aventura de exploração espacial. Os segredos? Esses estão na produção do filme.

Lançado nos cinemas de todo, “Buzz Lightyear” leva os fãs da animação novamente ao mundo do Ranger do Espaço mais famoso de sempre. Depois de “Toy Story”, o novo filme da Disney*Pixar explora as origens de Buzz e o que transformou na lenda da exploração espacial.

Assim, e aproveitando também que os estúdios já lançaram “Para Além do Infinito” na plataforma da Disney+ Portugal, decidimos juntar aqui algumas das curiosidades mais interessantes por detrás deste projeto de animação. Desde o tempo que demorou a ser feito, até às origens dos nomes das personagens, fica também a par destes ‘segredos’.

Lê Também:
Buzz Lightyear | Conhece as personagens

  • UMA LONGA VIAGEM – os estúdios de animação Pixar demoraram 5 anos e meio a preparar Buzz Lightyear, da concepção à sua conclusão e lançamento nos cinemas;
Buzz Lightyear
© Disney/Pixar
  • FATO ESPACIAL – o fato especial de Buzz Lightyear não é mero produto da imaginação de equipa de produção. Para dar mais autenticidade, a equipa inspirou-se na NASA e até nas forças armadas dos EUA. Foram desenhados mais de 15 fatos espaciais para o Ranger do Espaço. Na versão final do filme apareceram 9;
  • A NAVE ESPACIAL – para o primeiro projeto da nave espacial da Buzz a Pixar pediu ajuda a John Duncan, de “Star Wars”. O criador de modelos criou o adereço de acção ao vivo, a partir do qual os artistas da Pixar replicaram o design no computador;
  • MISSÕES ÚNICAS – os vários fatos desenhados para Buzz Lightyear são visíveis de cada vez que o Ranger tem uma nova missão. Em cada lançamento há sempre um novo fato, uma nova nave e um novo cristal de combustível;
Buzz Lightyear
© Disney/Pixar
  • ZURG – a personagem foi apresentada pela primeira vez em “Toy Story 2”, onde Angus MacLane havia trabalhado. Considerando que sempre houve mais para explorar sobre a personagem, o realizador não perdeu a oportunidade de o incluir nesta nova história;
  • NOMES INSPIRADOS EM PONTES – sim, isso mesmo. Os nomes de várias personagens de “Buzz Lightyear” foram inspirados em várias pontes da cidade de Portland Oregon, onde nasceu o realizador Angus MacLane. Assim, todos os membros do Comando Estelar têm uma origem real:
    • Alisha e Izzy Hawthorne (Ponte Hawthorne de 1.382 pés)
    • Darby Steel (Ponte de Aço de 800 pés)
    • Mo Morrison (Ponte Morrison de 775 pés)
    • Oficial de Controle de Missão Sellwood (Ponte Sellwood de 1.972 pés)
    • Comandante Burnside (Ponte Burnside de 1.382 pés)
    • Agente de Segurança Fremont (Ponte Fremont de 2.154 pés)
    • Agente de segurança St. John (Ponte St. John de 2.067 pés)
    • Oficial de Segurança Marquam (Ponte Marquam de 1.044 pés)
    • Oficial de Segurança Ross (3.729 pés Ross Island Bridge);
Buzz Lightyear
© Disney/Pixar
  • BUZZ – Buzz Lightyear não foi o primeiro nome pensado para esta personagem. Quando foi criada originalmente, estiveram em cima da mesa nomes como Tempus of Morph ou Lunar Larry;
  • IMAX – esta é a primeira longa-metragem da Pixar a ser feita especificamente para telas IMAX. No total são 30 minutos de cenas IMAX, que foram feitas de modo a serem reduzidas para o formato padrão quando necessário.

TRAILER | A ORIGEM DE BUZZ LIGHTYEAR

BUZZ LIGHTYEAR acompanha o lendário Ranger do Espaço, depois deste ser abandonado num planeta hostil a 4,2 milhões de anos-luz da Terra, juntamente com o seu comandante e a sua tripulação. Enquanto Buzz tenta encontrar um caminho de volta para casa, através do espaço e do tempo, junta-se a ele um grupo de ambiciosos recrutas e o seu charmoso animal de companhia, um gato robot chamado Sox. Para complicar as coisas e ameaçar a missão, chega Zurg, uma presença imponente com um exército de robots implacáveis ​​e intenções misteriosas.

Já tiveste oportunidade de ver Buzz Lightyear nos cinemas?

Marta Kong Nunes

Fanática de cinema e séries por pura paixão, sou da geração Disney mas também das Tartarugas Ninjas, Motoratos e afins. Já passei pela obsessão de vários géneros de cinema e apesar de me considerar eclética, nada me tira o gozo de um bom filme de acção (por muito irrealista que seja). Séries também se devoram por cá, mas a magia de um filme, será sempre a magia de um filme!

Marta Kong Nunes has 2584 posts and counting. See all posts by Marta Kong Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.