“Superman - O Filme” (1978) © Warner Bros.

Cinemateca Portuguesa | O que ver em setembro (Parte I)

A Cinemateca Portuguesa reabre as suas portas em setembro com destaque para homenagear  Jorge de Sena e Sophia de Mello Breyner Andresen. 

Para a rentrée cinematográfica começam as chegar os grandes filmes do ano nas salas de cinema comerciais. Contudo, para contrariar a tendência a Cinemateca - Museu do Cinema prepara três rubricas especiais dedicadas à poetisa Sophia de Mello Breyner Andresen e ao poeta Jorge de Sena.

2 de 15

“Limelight”, 02-09-21h30 | F.R.

limelight
Limelight © Warner Bros.

O filme em relação ao qual João Bénard da Costa aventou um dia a hipótese de ser “o melhor melodrama de todos os tempos”. Chaplin depois de Charlot, numa história de envelhecimento e de passagem por quem teve o segredo da arte do cinema de uma ponta à outra do seu percurso, e que, numa das alturas mais contraditórias da sua vida (entre um novo equilíbrio pessoal e a ameaça de uma rutura forçada com os EUA) convertia a irrisão em lágrimas. Perto do fim, um dos mais extraordinários encontros de gigantes de todo o cinema (Chaplin e Keaton) numa cena baseada na pura arte do olhar e do gesto, ou seja, o centro do centro desta arte das imagens em movimento. Embora Jorge de Sena não tenha escrito, que se saiba, crítica alusiva a LIMELIGHT, este seria certamente um dos filmes que consigo levava para a tal ilha deserta. E a Chaplin dedicou um dos seus mais belos textos sobre cinema – “Charlot, Hoje e Sempre”.

2 de 15

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *