Dragon Quest Heroes II (PS4) | Análise

Dragon Quest Heroes está de volta para aprofundar história e mecânicas de combate, melhorando em relação ao seu antecessor.

DQH2 é mais um rápido JRPG que aos poucos vais transformando a série num interessante Hack and slash. Cheio de ritmo, este é um jogo que constantemente nos fará explorar cenários cheios de inimigos, a maioria fracos, mas que juntos acabam por oferecer bastante diversão e ação constante. Pelo meio vários bosses para aumentar o desafio e que nos obrigarão a diferentes estratégias.

Com muitas possibilidades de combate, dependerá de cada jogador a forma como aborda cada luta e se opta por estratégias mais seguras e repetitivas ou mais criativas e com resultados mais improváveis. A questão importante neste aspeto é que o jogo não nos obriga a um estilo de jogo repetitivo, dando espaço para a nossa criatividade, muitos graças a um bom sistema de evolução de personagens e armas, que para além de intuitivo e fácil, também permite muitos caminhos.

 

 

Lê Também:
Football Manager 22, em análise

Lê também: Top Jogos | Os 100 melhores jogos de sempre

Graficamente é um jogo competente, com um bom design, cenários bastante variados e sem quebras, mesmo com um cenário cheio de inimigos. O estilo anime está melhorado e apenas a camera atrapalha em alguns momentos se os cenários forem demasiado pequenos.

 

Em termos sonoros não há nada a apontar e a jogabilidade raramente falha. Na história, DQH2 consegue melhorar em relação ao anterior, graças a um enredo mais profunda e com melhores personagens. É verdade que existem alguns momentos forçados, mas o jogo não perde coerência nem se torna repetitivo, principalmente porque a exploração está bem conseguida. A diversidade dos poderes das personagens é uma mais valia e a função de invocar monstros funciona bastante bem de um ponto de vista estratégico. A isto junta-se a capacidade de trocarmos entre as personagens, o que ajudará bastante na luta contra bosses.

Com um multiplayer forte e que se adapta ao nosso nível para ser sempre um desafio, Dragon Quest Heroes II é um jogo para muitas horas e que consegue um bom equilibro entre JRPG e Hack and Slash, melhorando quase tudo em relação ao anterior.

Lê Também:
Battlefield 2042, em análise

Luís Pinto

 

HARDWARE USADO PELA MHD PARA TESTES DE JOGOS

PS4:

  • PlayStation 4 Glacier White
  • DualShock 4 White
  • Razer Leviathan Sound System

PC:

  • Headphones Razer Carcharias
  • Keyboard Razer Epic Chroma
  • Mouse Razer Naga Epic Chroma
  • Monitor Philips BDM3275UP

Mobile:

  • LAIQ Glow

Dragon Quest Heroes II, em análise

Game title: Dragon Quest Heroes II

Game description: O nosso grupo de Heróis da famosa serie Dragon Quest está de volta para muita ação e exploração.

  • Enredo - 81
  • Jogabilidade - 85
  • Gráficos - 79
  • Som - 77
81

RESUMO

O MELHOR: Bom sistema de combate e evolução

O PIOR: Por vezes demasiado fácil

EDITORA: Square Enix

PRODUTORA: Koei Tecmo

PLATAFORMA PlayStation 4

Sending
User Review
( votes)
Comments Rating ( reviews)

Luis Pinto

Developer de videjogos e inteligência artificial - Autor do canal Luís Pinto - Apaixonado por jogos desde o tempo do Spectrum!

Luis Pinto has 827 posts and counting. See all posts by Luis Pinto

Leave a Reply

Sending