É o fim do Studio Ghibli

UPDATE (03/08/2014) Lembram-se desta notícia que publicámos há duas semanas atrás? Confirma-se mesmo. O Diretor Geral, Toshio Suzuki, anunciou hoje na televisão japonesa que o Studio Ghilbi deixará de produzir filmes e passará apenas a gerir as suas marcas e direitos de autor.

Um duro golpe para o Cinema.

Uma fonte interna ligada aoStudio Ghibli revelou ao site japonês News Cafe, que “When Marnie Was There” – o próximo filme do estúdio, com estreia prevista para este verão – poderá muito bem ser a última longa metragem produzida pelos criadores de “A Viagem de Chihiro”, “O Meu Vizinho Totoro”, “O Castelo Andante”, “A Princesa Mononoke”, “Nausicaä do Vale do Vento” e “O Túmulo dos Pirilampos”, entre outros clássicos de renome da animação japonesa.

Jiro and paper airplane_out

Esta decisão parece vir no seguimento da despedida, no ano passado, do mestre Hayao Miyazaki – referência mundial do cinema de animação e fundador do Studio Ghibli, juntamente com Isao Takahata, Yasuyoshi Tokuma e Toshio Suzuki (que deixou também de ser produtor do estúdio para ser tornar gerente). Ao afastamento dos principais nomes do estúdio somam-se os elevados custos de produção dos filmes de animação no Japão (especialmente no caso do Studio Ghibli que, ao contrário de muitos outros estúdios que reduziram os custos ao contratar mão de obra estrangeira, optou por manter funcionários nacionais com contratos a tempo inteiro). Segundo a fonte do News Cafe: “não existe outra opção a não ser acabar com o estúdio, porque não há como manter o ritmo de anunciar um novo filme por ano”, nessas condições.

Totoro2

Não obstante da notícia ter sido publicada no Rakuten (um dos maiores sites japoneses), é de notar que não existiu ainda qualquer comunicado oficial por parte do Studio Ghibli. A confirmar-se esta informação, o estúdio deixará de produzir filmes de animação, para passar apenas a gerir os direitos de autor das suas criações.

Tristes com esta notícia? Para já fiquem com o trailer daquele que poderá ser o último filme do icónico estúdio:

Lê Também:   Disney+ vai exibir o novo anime do criador de Dragon Ball

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *