European Film Awards 2015 | Uma antevisão.

 

‘A Juventude’, o filme em inglês do realizador italiano Paolo Sorrentino é o favorito da 28ª edição dos Prémios do Cinema Europeu (EFA), com cinco nomeações. A cerimónia vai realizar-se no próximo sábado à noite em Berlim, onde a trilogia ‘As Mil e Uma Noites’, de Miguel Gomes, vai receber o Prémio de Melhor Som Europeu.

EFA

Parecia que mais uma vez que as nomeações aos EFA ’28 iam ser repartidas pelos diversos filmes candidatos, numa temporada de grande afirmação do cinema europeu, nas salas e nos festivais internacionais. São no entanto, as co-produções internacionais, que estão à frente com o maior número de nomeações aos maiores prémios da indústria votados por mais de 3.000 membros da Academia Europeia de Cinema. No entanto, o favoritismo está concentrado em ‘A Juventude’, (‘Youth’), do italiano Paolo Sorrentino, com cinco nomeações, um filme que é uma irónica reflexão sobre o envelhecimento, falado em inglês e protagonizado pelo britânico Michael Caine e pelo norte-americano Harvey Keitel.

EFA

Por outro lado, ‘Um Pombo Pousou num Ramo a Reflectir na Existência’, do sueco Roy Andersson, o irreverente filme vencedor da Mostra de Veneza 2014, o surreal ‘Lobster’, a ascensão internacional, do cineasta grego Giorgos Lanthimos, estão com quatro nomeações; ’45 Anos’, o retrato de um casal de idosos do britânico Andrew Haigh, e ‘Victoria’, do alemão Sebastian Schipper, obtiveram três nomeações. Nesta lista de filmes com mais nomeações, concorrem ainda a Melhor Filme Europeu, o filme franco-turco ‘Mustang’, e o islandês ‘Rams’. ‘Um Pombo Pousou num Ramo a Reflectir na Existência’, é igualmente candidato a Melhor Comédia Europeia, juntamente com o francês ‘A Familia Bélier’ e o belga ‘ The New Testament’.

EFA

‘…concorrem ainda a Melhor Filme Europeu, o filme franco-turco ‘Mustang’, e o islandês ‘Rams’.

Ao Prémio de Melhor Realizador vão enfrentar-se a juventude e a veterania de alguns dos melhores talentos europeus:  Andersson, Lanthimos, Moretti (‘A Minha Mãe’), Schipper e Malgorzata Szumowska (‘Body’). O Prémio de Melhor Actor tem candidatos fortes como Michael Caine (‘A Juventude’), que irá de qualquer modo receber à última hora, um Prémio de Honra, o que garante à partida a sua presença em Berlim; Vincent Lindon (‘A Lei do Mercado’, com o qual ganhou o prémio de interpretação no Festival de Cannes) é um potencial candidato à vitória; e depois Christian Friedel (’13 Minutos’), Colin Farrell (Lobster) e Tom Courtenay (’45 Anos’). Na última Berlinale os vencedores dos prémios de interpretação, foram precisamente o casal de idosos de ’45 Anos’, composto por Rampling e Courtenay. A veterana actriz Charlotte Rampling (’45 Anos’), vai receber igualmente um dos Prémios de Honra da cerimónia,a além de ser a grande favorita ao Prémio de Interpretação Feminina, onde competem estrelas como Alicia Vinkander (‘Ex Machina’), Rachel Weisz (‘A Juventude’), Margherita Buy (A Minha Mãe) e a catalã Laia Costa (‘Victoria’).

EFA

‘…foram precisamente o casal de idosos de ’45 Anos’, composto por Rampling e Courtenay, os vencedores da última Berlinale.’

Ao Prémio de Melhor Argumento competem ‘Um Pombo Pousou num Ramo a Reflectir na Existência’, ‘Ex Machina’, ’45 Anos’, ‘Aferim!’, ‘Lobster’ e ‘A Juventude’. Para Melhor Documentário foram selecionados: ‘A Syrian Love Story’, ‘Amy’, ‘The Look of Silence, ‘Toto and His Sisters’ e a co-produção italo-argentina ‘Dancing with Maria’. Na categoria de Melhor Animação estão os filmes: ‘Adama’, ‘A Ovelha Shaun: o filme’ e ‘The Song of Sea’. Finalmente, para o Prémio Descoberta Europeia, que premeia as primeiras-obras estão filmes como ‘Goodbye Mommy’, ‘Limbo’, ‘Mustang’, ‘Slow West’ e ‘Summers Downstairs’.

Já estão anunciados há vários dias os galardões técnicos como o Prémio de Melhor Fotografia (Martin Gschlacht por ‘Goodnight Mommy’), Melhor Montagem (Jacek Drosio, por ‘Body’), Melhor Banda Sonora (‘Cat’s Eyes’ em The Duke of Burgundy), Melhor Direcção Artística (Sylvie Olivé, por ‘The New Testament’), Melhor Figurinos (Sarah Blenkinsop, por ‘Lobster’) e Melhor Som (Vasco Pimentel e Miguel Martins, por ‘As Mil e Uma Noites’, de Miguel Gomes).

EFA

‘…. entre os candidatos não estão dois dos principais premiados do último Festival de Cannes.’

Curiosamente, entre os candidatos não estão dois dos principais premiados do último Festival de Cannes. Segundo fontes da Academia Europeia de Cinema, o filme francês ‘Dheepan’, de Jacques Audiard, a Palma de Ouro 2015, não se apresentou como candidato, devido ao seu polémico tema dos refugiados, por medo de represálias e devido aos atentados de Paris, que de alguma forma impediram por enquanto a sua estreia em França; o filme húngaro ‘The Son of Saul’ decidiu centrar a sua campanha promocional aos Óscares de Hollywood, declinando participar nos EFA. Tirando estas duas marcantes ausências na lista de nomeados estão sem dúvida nomeados os melhores filmes europeus do ano que circularam e estrearam pelos mais importantes festivais internacionais e maioria até já chegou às salas de cinema.

José Vieira Mendes

Jornalista, crítico de cinema e programador. Licenciado em Comunicação Social, e pós-graduado em Produção de Televisão, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. É actualmente Editor da Magazine.HD (www.magazine-hd.com). Foi Director da ‘Premiere’ (1999 a 2010). Colaborou no blog ‘Imagens de Fundo’, do Final Cut/Visão JL , no Jornal de Letras e na Visão. Foi apresentador das ‘Noites de Cinema’, na RTP Memória e comentador no Bom Dia Portugal, da RTP1.  Realizou os documentários: ‘Gerações Curtas!?’ (2012);  ‘Ó Pai O Que É a Crise?’ (2012); ‘as memórias não se apagam’  (2014) e 'Mar Urbano Lisboa (2019). Foi programador do ciclo ‘Pontes para Istambul’ (2010),‘Turkey: The Missing Star Lisbon’ (2012), Mostras de Cinema da América Latina (2010 e 2011), 'Vamos fazer Rir a Europa', (2014), Mostra de Cinema Dominicano, (2014) e Cine Atlântico, Terceira, Açores desde 2016, até actualidade. Foi Director de Programação do Cine’Eco—Festival de Cinema Ambiental da Serra da Estrela de 2012 a 2019. É membro da FIPRESCI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *