Extant T1 | Primeiras Impressões

 

ExtantPost
  • Título Original: Extant
  • Produtores: CBS
  • Criadores: Mickey Fisher, Steven Spielberg
  • Elenco: Halle Berry, Goran Visnjic, Brad Beyer, Pierce Gagnon, Michael O’Neill, Hiroyuki Sanada
  • Género: Drama, Sci-fi, Thriller
  • 2014 | EUA | TVSéries HD | Domingo | 22:10

Classificação: [starreviewmulti id=10 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]



“Could You Love A Robot Like The Son You Never Had?”

 

ExtantS1.1

Extant, que poderá aterrar no ouvido como algo parecido a extinção é, de facto, etimologicamente o oposto. E se atentarmos na evidência de que, o argumento sofreu a manipulação de Steven Spielberg em co-produção com o criador da série Mickey Fisher, é gritante a influência alienígena do primeiro, executada impecavelmente pelo segundo. Os primeiros rabiscos na tela cosmológica introduzem Molly (Halle Berry), uma astronauta da ISEA (International Space Exploration Agency), que reentra na atmosfera terrestre após uma longa missão a solo.

ExtantS1.7

Seguem-se as palmadinhas nas costas por mais uma operação espacial bem sucedida, mas Molly não aterrou sozinha no nosso planeta; algo com vida escapou daquele quarto escuro sem fim, e apanhou a boleia uterina para garantir a sua própria sobrevivência. Talvez, seja inevitável invocar aquela máxima darwinista de que “a natureza encontra sempre um caminho”, mas seja como for, existe uma certa inteligência instintiva vocacionada para uma intenção causal e consequencial muito própria da franquia Alien.

ExtantS1.8

E por falar em causas e consequências, a estadia de Molly no espaço não se concretizou sem que a sua família sofresse com o seu trauma paranormal. Além do mais, treze meses de ausência provocam sempre um certo esmorecimento dos laços afetivos. É aqui que Halle Berry impressiona com uma verdadeira “dissertação” de bem representar, clonando realisticamente a típica mulher frágil e desajustada, que necessita de recuperar urgentemente o seu lugar no mundo. O problema é que a realidade é mais robotizada do que se possa pensar, sobretudo para uma mãe que tem um filho que precisa de mudar a pilha ao final do dia.

ExtantS1.2

Ethan (Pierce Gagnon) é conhecido no seio da comunidade científica como um “Humanich“, que é uma forma subtil e romanceada de apelidar um humanóide. Pelo menos, é essa a visão do seu pai adotivo John (Goran Visnjic), especialista em robótica e coordenador do “Humanichs Project“. Enquanto humano mecanizado, o jovem ator encanta no pequeno ecrã, assumindo na perfeição a dicotomia da sua natureza invulgar e eticamente polémica. Aliás, a maior riqueza do argumento reside neste eterno tabu moral de tentar reproduzir fielmente numa máquina, os percursores químicos que estão na génese das emoções humanas. É o trabalho de uma vida, que o ator Goran Visnjic incorpora com grande paixão e fervor.

ExtantS1.5

Extant, é um drama de ficção científica que, no episódio piloto, conseguiu pautar com inteligência todos os momentos da ação sem cair no eventual cliché das conspirações extraterrenas. O foco parece mais voltado para o desenvolvimento das relações humanas num contexto familiar, deixando a porta aberta para derivações mais aterrorizantes. Não é por acaso que Ethan revela uma faceta algo sombria, com algumas reminiscências do anticristo de “O Génio do Mal”, ou até mesmo as plots de aparições inexplicáveis e visões suspeitas, que induzem a carga de suspanse necessária à captação eficaz da atenção de cada espetador.

P.S – Can You Be Safe From Extinction?

MS

Miguel Simão

Jurista e Poeta em algumas horas vagas. Cinéfilo incurável com forte pancada pelo sci-fi, que se perde algures pelo vício noturno de umas quantas séries televisivas de renome; amaldiçoado pelo perfecionismo estético de uma resma de palavras mais ou menos caras. Podem encontrar-me a divagar entre a Terra e o Espaço no meu blogue premiado Última Transmissão Humana.

Miguel Simão has 133 posts and counting. See all posts by Miguel Simão

0 thoughts on “Extant T1 | Primeiras Impressões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *