© Daedalic Entertainment

Felix the Reaper, em análise

Felix é um anjo da morte muito peculiar que tem como missão levar os seus alvos para o outro mundo enquanto procura pelo amor da sua vida. Curioso? Então descobre tudo sobre “Felix the Reaper”, o divertido quebra-cabeças da Daedalic Entertainment.

Se há algo que o filme “O Último Destino” nos ensina é que é impossível fugirmos à nossa hora. Na obra do realizador James Wong, uma força guia as vítimas até ao seu fim e é esse o teu papel no divertido “Felix the Reaper”, desenvolvido pela Kong Orange e publicado pela Daedalic Entertainment. Neste jogo entras no papel de Felix, um “anjo da morte” que tem como missão alterar o mundo para que as suas vítimas sejam levadas para o outro mundo.

Lê Também:
Intruders: Hide and Seek, em análise

Contudo, este funcionário do Ministério da Morte não é um ser obscuro e sinistro. Na realidade, Felix é conhecido por dois detalhes peculiares: o seu amor pela dança e a sua paixão por Betty, o anjo que leva as vítimas para o céu. Ainda que lhe seja possível dançar livremente enquanto trabalha, encontrar Betty não será fácil, pois ela pode apenas mover-se na luz e Felix não pode deixar a sombra.

Esta é a premissa apresentada pelo nosso mentor, Patrick Stewart (sim, ele é mesmo o fantástico narrador), que dá início a uma jornada feita a pensar especialmente nos amantes dos puzzles. Através de um mecanismo simples que vira a direção do sol, terás de criar o teu caminho usando os vários objetos presentes no mapa para levar a morte ao próximo nome da lista, tudo ao som de uma boa banda sonora electrónica e viciante. As personagens possuem uma história de fundo sempre divertida e o seu design, assim como o do ambiente, são outro ponto a favor deste jogo.

A dificuldade vai aumentando consoante avanças nos níveis mas não te preocupes! Se gostas de puzzles mas és daqueles que não resiste em procurar um walkthrough para te guiar nos passos mais difíceis, “Felix the Reaper” possui um sistema de dicas bastante bom e que te oferece aquela ajuda extra para que consigas vencer sem batota. Terminado o jogo pela primeira vez, podes desafiar-te através dos objetivos especiais (terminar o nível num determinado tempo ou dar um número de passos específicos, por exemplo), garantindo horas de diversão.

Atualmente disponível para a Windows e macOS (via Steam e GOG), PlayStation 4, Xbox One e Nintendo Switch, este é um indie interessante que não podes deixar de experimentar!

TRAILER | FELIX THE REAPER AO SERVIÇO!

Conseguirás completar o teu trabalho com nota máxima? Ficará Patrick Stewart satisfeito com os teus resultados? Encontrará Felix a sua amada Betty? 

Felix the Reaper, em análise
felix the reaper

Game title: Felix the Reaper

Game description: Felix é um anjo da morte muito peculiar que tem como missão levar os seus alvos para o outro mundo enquanto procura pelo amor da sua vida.

  • Jogabilidade - 85
  • Gráficos - 78
  • Som - 80
  • Enredo - 70
78

CONCLUSÃO

O MELHOR: Um título divertido e bem humorado, ótimo para quem gosta de um bom desafio. O mundo é igualmente curioso, desde as personagens à música e ao design dos níveis. Para além disso, não podemos ignorar a participação de Patrick Stewart na narração do jogo.

O PIOR: A escassez de níveis e a pouca profundidade no que toca ao romance de Felix e Betty apesar deste elemento ser apresentado como um ponto central.

Ângela Costa

Mestre em Cinema pela Universidade da Beira-Interior, sou apaixonada pelo cinema japonês e toda a cultura que o envolve. Adoro igualmente fotografia e se tiveres curiosidade passa no meu Instagram ;) Música e videojogos são dois outros grandes interesses.

Ângela Costa has 2280 posts and counting. See all posts by Ângela Costa

Leave a Reply