Francis Ford Coppola quer criar um videojogo do filme Apocalypse Now

Adaptação de Apocalypse Now requer a angariação de 900 mil dólares atravês do site de crowdfunding Kickstarter.

Francis Ford Coppola quer fazer um videojogo do Apocalypse Now.

Mesmo depois de ouvir a notícia pela primeira vez, depois de vermos a página do Kickstarter com os nossos próprios olhos, depois de já termos tido tempo para apurar os detalhes e depois de escrevermos esta frase, mesmo assim continua a ser difícil de acreditar: Francis Ford Coppola, um dos mais conceituados realizadores de sempre, quer criar uma adaptação em forma de videojogos do filme Apocalypse Now. E para isso conta com a ajuda de vários veteranos da indústria dos videojogos que já trabalharam em títulos como Fallout: New Vegas, The Witcher, Neverwinter Nights 2, Pillars of Eternity, entre muitos outros. No entanto, e para manter a sua liberdade criativa, o projeto precisa de angariar 900 mil dólares atravês do Kickstarter.

Apocalypse Now

Mas antes de prosseguirmos, eis um apanhado do filme para aqueles que nunca tiveram a oportunidade de o ver: Apocalypse Now é um filme de 1979 baseado no livro Heart of Darkness (O Coração das Trevas) escrito por Joseph Conrad. O filme decorre durante a guerra do Vietname e conta a história do veterano Benjamin Willard (interpretado por Martin Sheen) e a sua missão para encontrar e assassinar Walter Kurz (Marlon Brando), o qual desapareceu nas selvas do Camboja e criou a sua própria seita a qual o venera como um deus vivo.

Lê também: Marvel e Square Enix produzem jogo dos Avengers

O videojogo irá seguir Willard na sua missão numa “recriação interativa da sua jornada, num survival horror no qual os jogadores terão recursos limitados para enfrentar horrores inimagináveis”. Assim, a história irá permitir aos jogadores criarem versões alternativas de Willard dentro dos limites impostos pela história do filme. Por outro lado, a jogabilidade não irá girar à volta de um sistema de combate repleto de ação em que o jogador é uma máquina de matar, uma vez que adotar uma estratégia “Rambo” apenas resultará num fim prematuro. Em vez disso, será necessário agir de modo mais furtivo, passando despercebido e evitando confrontos diretos, e ter em conta que certas decisões irão afetar a forma como certos personagens estão dispostos (ou não) em ajudar Willard na sua missão.

Apocalypse Now

Segundo o Francis Ford Coppola:

“Eu tenho assistido à forma como os videojogos se tem desenvolvido como um meio para contar histórias de forma séria, e estou ansioso por explorar as possibilidades do Apocalypse Now para uma nova plataforma e uma nova geração.”

Lê também: Jacob Tremblay confirmado no elenco de Predator

No entanto, para conseguir financiar um projeto desta envergadura, o estúdio teve de recorrer ao site de crowdfunding Kickstarter uma vez que, segundo o produtor Lawrence Liberty, “uma editora de videojogos tradicional tentaria tornar este projeto num banal jogo de tiros”. O horror. O horror!

Apocalypse Now

Assim, a equipa, está a pedir um total de 900 mil dólares a todos os que estiverem dispostos a ajudá-los com o financiamento do jogo. E como seria de esperar, há vários níveis de recompensas que vão desde cópias do jogo ao nível mais básico até t-shirts, posters, a banda sonora do jogo, documentários, e até mesmo adereços do filme aos níveis mais elevados. Se tudo correr pelo previsto e o projeto atingir o seu objetivo, o jogo será lançado em 2020.

E dada a forma como esta ideia captou o nosso interesse, aqui ficamos a torcer para que tudo corra pelo melhor.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *