Game of Thrones | Primeiras Impressões da sexta temporada

Game of Thrones está finalmente de volta e abre a sua sexta temporada atando pontas soltas e estabelecendo os vários cenários da história.

Aviso: Pode conter spoilers do primeiro episódio da sexta temporada de Game of Thrones

Desde junho do ano passado que os fãs de Game of Thrones anseiam pelo regresso da sua série favorita e, de uma maneira geral, o mundo inteiro tem estado de olhos postos na aclamada série da HBO. As expectativas eram imensas e a cada divulgação de um novo trailer ou novas imagens, as teorias aumentavam a olhos vistos. Ao contrário dos anteriores capítulos, a sexta temporada de A Guerra dos Tronos apresenta a singularidade de não seguir a narrativa dos livros escritos por George R. R. Martin. Para quem nunca leu a série, o facto de não saber em que sentido a história se dirige permanece igual, contudo o cenário não é o mesmo para os fãs que acompanharam tanto a série televisiva como literária. Mesmo não tendo material escrito por Martin, os criadores David Benioff e D.B. Weiss não desiludem e este primeiro episódio da sexta temporada demonstra bastante bem como a série sabe o que precisa ser feito para seguir em frente, mesmo não tendo os livros com a história original.

Lê mais: A Guerra dos Tronos | A playlist das personagens

game of thrones

Vê também: Os segredos do trailer de A Guerra dos Tronos

The Red Woman, sendo o primeiro episódio da temporada, tenta mostrar aos espectadores o ponto de situação da grande maioria do elenco, em vez de se focar em apenas um pequeno grupo de personagens. É claro que alguns ficam de fora, como os White Walkers, porém, já é um grande feito conseguir gerir as vastas linhas narrativas da série em apenas uma hora de episódio. Para além disso, basta ver a longa secção de “Anteriormente em A Guerra dos Tronos…” para voltarmos a ter noção da quantidade de acontecimentos ocorridos na temporada anterior e percebermos a necessidade da série concentrar-se em atar as várias pontas soltas do seu quinto capítulo e deixar estabelecidos os vários cenários do mundo de Westeros para eventos futuros.

Lê Também:
Game of Thrones | Indignação dos fãs não alterará o final do livro

Lê ainda: TOP Séries 2015 by MHD

Assim, à medida que vemos o que se passa nas vidas de Sansa, Theon, Margaery, Arya, dos Lannisters, desde Tyrion em Meereen, a Cersei e Jamie em Porto Real, na vida de Daenerys que foi capturada pelos Dothraki, o que acontece na Muralha e na Patrulha da Noite após a morte de Jon Snow e temos ainda um vislumbre de Dorne, The Red Woman é um episódio que nos apresenta momentos chocantes e alguns totalmente imprevisíveis, tem a sua dose de violência e luta, excelentes performances de certos atores, como de Lena Headey (a mudança de expressão na cara da atriz no momento em que vê Jamie chegar com o caixão de Myrcella é um autêntico murro no estômago), presenteia-nos com breves e raros momentos de humor e prepara as várias linhas narrativas para os futuros conflitos e confrontos da temporada.

Lê mais: 10 coisas que não sabias sobre Daenerys Targaryen

game of thrones

Vê mais: TOP 10 Figurinos de A Guerra dos Tronos

Contudo, a grande questão do final da quinta temporada continua sem resposta. Sim, Jon Snow está morto e não há mesmo volta a dar. Mas será que Melisandre o vai ressuscitar? A personagem mostrou-se bastante abalada neste episódio e talvez até esteja a pôr em causa as suas crenças no Lord of Light. Por enquanto, os poderes da sacerdotisa poderão passar inicialmente no apoio a Sir Davos e aos companheiros da Patrulha da Noite leais a Snow contra os restantes membros da patrulha, e só mais tarde na eventual ressurreição de Jon Snow, embora fiquemos com algum receio do que este gesto faria às restantes mortes da série e à ideia que Game of Thrones impôs desde o início de que a morte é algo irreversível. The Red Woman termina com uma grande revelação sobre a personagem de Melisandre constituindo provavelmente o momento mais surpreendente do episódio que, à partida, nos demonstra as consequências dos seus poderes e do uso deles, ou simplesmente a sua verdadeira forma.

Lê Também:
Emmys 2019 | Lista completa de nomeados

Lê também: TOP Mortes memoráveis de A Guerra dos Tronos by MHD

Game of Thrones tem construído a sua narrativa com um cuidado imenso, movendo os seus personagens como peças num jogo de xadrez, em busca do cheque-mate. Depois de vermos um episódio como The Red Woman, é impossível não sentirmos que esta temporada estará recheada de confrontos épicos e muito aguardados pelos fãs, à medida que as várias figuras da história evoluem e se aproximam umas das outras.

Game of Thrones estreou nos EUA a 24 de abril e estreia em Portugal, no Syfy, a 25 de abril.


game of thronesTítulo Original: Game of Thrones
Criadores:  David Benioff e D.B. Weiss
Elenco: Peter DinklageLena HeadeyEmilia ClarkeSophie TurnerMaisie WilliamsNikolaj Coster-Waldau
HBO | Drama, Fantasia, Aventura | 2016 | 
[starreviewmulti id=19 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]
 


Filipa Machado

 

Filipa Machado

Licenciada em Estudos Artísticos e uma grande apaixonada (e viciada) por Literatura, Televisão, Cinema e, em especial, por Animação Japonesa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *