Gotham | Primeiras Impressões

 

Uma das várias séries da DC Comics a estrear na fall season, “Gotham”, mostra-nos uma perspetiva diferente acerca da origem de Batman e daquele que será o seu principal aliado, Jim Gordon.

Ao contrário do que acontece em “Arrow” ou até em “Smallville”, “Gotham” não é uma série de super-heróis; é uma série acerca de uma cidade corrupta (que no futuro irá precisar de um protetor) e dos cidadãos que nela habitam.

A série conta-nos a história de Jim Gordon antes de se tornar no mítico comissário, um polícia honesto num local onde isso é uma raridade. Ao longo deste piloto, Gordon e o seu mais veterano parceiro Harvey Bullock (que não partilha a integridade de Jim) ficam encarregues do caso do assassinato de Thomas e Martha Wayne, percorrendo os lados mais sujos da cidade à procura do responsável.

 

A história

O episódio apresenta-nos duas histórias que se interligam: o início do percurso de Gordon enquanto polícia íntegro numa cidade corrompida e a história de Bruce Wayne, uma criança cuja infância acabou devido à morte dos seus pais.

Logo no início do episódio temos o assassinato dos Wayne, cena tornada arrepiante pela performance de David Mazouz como o jovem Bruce. Tanto nesta cena como no restante episódio, Mazouz consegue transmitir a tragédia e a dor de Bruce de forma notável, tornando bem claro através da sua interpretação qual o futuro daquela personagem.

Gotham

A dicotomia entre a integridade de Gordon e a falta de moralidade de Bullock é também dos pontos mais interessantes deste episódio. Donal Logue como Bullock é um casting de génio, e o percurso da sua personagem – assim como a sua relação com Gordon – promete ser dos aspetos mais interessantes que esta série tem para oferecer.

Também Ben McKenzie como Jim Gordon merece uma menção, pois executa o seu papel de polícia honesto numa cidade corrupta na perfeição, lembrando Guy Pearce em “L.A. Confidential”. O essencial do carácter de Gordon é captado logo de início, e a interação desta personagem com Bruce Wayne, assim como a relação aqui estabelecida, são dois pontos fortes do episódio.

Apesar do bom trabalho de McKenzie, em alguns momentos o episódio perde um pouco de ritmo ao abandonar a trágica história do futuro Batman, não conseguindo por vezes manter o mesmo nível de intensidade.

 

LEIA TAMBÉM: CALENDÁRIO DE FILMES DE SUPER-HERÓIS ATÉ 2020

Os vilões

“Gotham” está recheada de vilões do universo de Batman, e neste episódio inicial podemos observar uns quantos. Versões de Catwoman, Riddler, Pinguim ou Poison Ivy são algumas que aparecem ao longo da história.

Neste episódio é Oswald Cobblepot, o Pinguim, interpretado por Robin Lord Taylor, que está em destaque. Taylor, à semelhança de Mazouz, consegue nesta origem mostrar o prenúncio do que está para vir para o seu Pinguim, e a crueza da sua última cena foi excecional.

A interpretação de Robin Lord Taylor tem toques de Danny Devito no filme “Batman Returns”, mas ao contrário deste, Taylor consegue trazer um misto de seriedade e credibilidade que a personagem tem na BD, algo que faltou a Devito na adaptação de Tim Burton.

gotham

Um dos aspetos de relevo neste episódio piloto é a própria cidade de Gotham. Assim que o episódio começa somos presenteados com uma Gotham inspirada pela sua versão BD, recheada de caráter e personalidade, com as suas características gárgulas e tonalidade noir que a definem nas páginas das histórias de Batman.

 

A origem

Quanto ao “source material”, uma das principais inspirações da série parece ser “The Long Halloween” (Jeph Loeb, Tim Sale), e neste episódio podemos ver a cidade muito parecida à deste clássico.

À semelhança do que acontece em “The Long Halloween”, “Gotham” tem o gangster Carmine Falcone como o principal antagonista, e o tom da série apresenta algumas parecenças com esta obra.

Gotham

“Batman: Year One” de Frank Miller e David Mazzuchelli e “Gotham Central” de Ed Brubaker, Greg Rucka e Michael Lark são outras das histórias que também parecem ter maior peso nesta série.

Considerado como a “origem definitiva” do Cavaleiro das Trevas, “Year One” segue a transformação de Bruce Wayne em Batman mas coloca o foco da história em Gordon, e ninguém ficará surpreendido por ver mais elementos desta história ao longo dos próximos episódios de Gotham.

Gotham

Já “Gotham Central” centra-se no dia-a-dia da polícia daquela cidade, e neste piloto já pudemos ver algumas das personagens principais deste livro, como Crispus Allen e Renee Montoya.

As comparações com a trilogia de Christopher Nolan são inevitáveis, mas apesar de a série ter um tom semelhante (“Gotham” também parece apresentar um mundo real e assente na terra), esta conseguiu neste episódio estabelecer a sua própria identidade.

“Gotham” contou esta história à sua maneira, independente das adaptações anteriores ou da BD, honrando este legado em simultâneo, tornando-se numa das séries mais promissoras para os imensos fãs desta personagem.

 

LEIA TAMBÉMCALENDÁRIO FALL SEASON 2014

“Gotham” já em exibição na FOX HD

 

0 thoughts on “Gotham | Primeiras Impressões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *