Hoje o Adblock permite anúncios da Amnistia Internacional

Durante o dia de hoje o Adblock exibiu mensagens contra a vigilância e a censura governamental. Todas as restantes publicidades continuaram bloqueadas.

Se usa o Adblock hoje viu mensagens de  Edward Snowden, Pussy Riot e Ai Weiwei de protesto contra a censura online. A Amnistia Internacional desenvolveu uma campanha neste Dia Mundial contra a Censura Cibernética, onde cada anúncio aparece em forma de banners. O objectivo desta campanha é alertar para um crescente controlo das comunicações online por parte governos.

Lê também: Futuros Ford transformam-se em salas de cinema

Num comunicado , a Amnistia Internacional revela que ao clinar os banners, os utilizadores poderão ler mais sobre Edward Snowden, Pussy Riot e Ai Weiwei, pessoas cuja liberdade de expressão tem sido reprimida pelos respectivos governos.  No início desta semana, a Amnistia publicou um relatório que dá conta que Kim Jong-un, líder norte-coreano, aumentou censura governamental no seu regime desde que chegou ao poder em 2011.

“Mesmo que não vás fazer algo de errado, estás a ser observado e gravado”, diz Snowden no seu banner. “As autoridades não usam apenas algemas e prisões, mas também ataques da media”,  refere o banner das  Pussy Riot, grupo músical . “Sem liberdade de expressão, não existe mundo moderno, apenas um mundo bárbaro”, completa o activista e artista chinês Ai Weiwei.

Cátia Santos

Observadora, comunicadora, crítica, muito curiosa, apaixonada pela escrita criativa e informativa. Devoradora de livros e de música, com um especial gosto por tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *