Indie Lisboa’16 | Passatempo MHD

A Magazine.HD e o Indie Lisboa têm convites simples para te oferecer!

O 13º IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema Independente de Lisboa vai realizar-se de 20 de abril a 01 de maio e na abertura oficial com ‘Love & Friendship’, de Whit Stillman, já que o encerramento faz-se com L’avenir, da realizadora Mia Hansen-Love. 

IndieLisboa 2016

São curiosamente os heróis independentes de 2015: o norte-americano Whit Stillman e a francesa Mia Hansen-Love, que vão abrir e fechar respectivamente, o IndieLisboa 2016 do maior festival de cinema lisboeta. Love & Friendship, de Whit Stillman, é uma viagem literária ao conto de Jane Austen que o realizador transformou numa divertida comédia de costumes; L’Avenir, de Mia Hansen-Love é uma belíssima crónica da ‘meia-idade’, com Isabelle Huppert como protagonista, que valeu a Mia Hansen-Love, um Urso de Prata para Melhor Realizador na última Berlinale.

L'avenir

Continuando na senda dos heróis independentes de 2016 e desta feita, numa recente descoberta do IndieLisboa 2016 e que vai ser certamente também para o público, por oposição a Verhoeven: a do actor-realizador-encenador francês Vincent Macaigne, que muitos já chamam, aos 37 anos, um ‘novo Depardieu’, apresentando uma selecção de filmes (curtas e longas) feitos por ele e com ele, como por exemplo: Ce qu’il reitera de nous ou Les Deux amis, de Louis Garrel. Vincent Macaigne é uma figura que tem atravessado o novo cinema e o meio teatral francês, entre Cannes e Avignon.

 

Vincent Macaigne

Na competição internacional de longas do IndieLisboa 2016, há grandes acontecimentos, obras excepcionais e desafios ao espectador: o primeiro chama-se The Family, do chinês Shumin Liu, com quase cinco horas de duração, um filme que segue a plácida vida de uma família da classe média chinesa, interpretada pelos próprios e que parece inspirar-se em Viagem a Tóquio, de Ozu. Por contraste cultural, estreia uma das obras mais leves da nova cinematografia brasileira: Mate-me por favor, de Anita Rocha da Silveira, com as ‘vampirinhas’ do modernizado e também de classe média, bairro da Barra da Tijuca no Rio de Janeiro, um filme excitante num misto de realismo e fantasia adolescente, estreado no Festival de Veneza.

Mate-me Por Favor

Mas há ainda outras obras a destacar nesta sempre competitiva secção de novos valores: o regresso da grega Athina Rachel Tsangari (Attenberg, 2010), com Chevalier, e de filmes a descobrir como Flotel Europa, do sérvio Vladimir Tomic, uma  autobiografia documental de uma adolescência passada nos anos 90 num barco de refugiados em Copenhaga ou James White, de Josh Mond, Kate Plays Christine, de Robert Greene, e entre outros uma obra de co-produção nacional da Som e a Fúria a não perder: Olmo e a Gaivota de Petra Costa (Elena, 2012) e Lea Glob, um filme que está na fronteira entre o documentário e a ficção, uma imersão poética e existencial de uma actriz durante os nove meses da sua gravidez, que se questiona sobre a vida, a identidade, o amor.

 

Cartas da Guerra

A competição nacional de longas-metragens do IndieLisboa 2016 é significativa mas reduzida a quatro filmes: Estive em Lisboa e Lembrei de Você, do José Barahona, O Lugar Que Ocupas, de Pedro Filipe Marques (A Nossa Forma de Vida, 2012), Paul, de Marcelo Felix, e Treblinka, de Sérgio Tréfaut, com Isabel Ruth a viajar num comboio  depois de sobreviver ao Holocausto. Para comemorar o 25 de Abril, bem a propósito com a estreia nacional de Cartas da Guerra, de Ivo M. Ferreira, um dos filmes portugueses que  brilhou na última Berlinde, aliás como, Balada de Um Batráquio, de Leonor Teles que ganhou o Urso de Ouro e que concorre no IndieLisboa 2016 na extensa categoria de curtas nacionais, que apresenta cerca de 17 obras em estreia.

 

INDIE LISBOA 2016 – 20 DE ABRL A 1 DE MAIO

Consulta as restantes datas em cartaz, no nosso Guia das Estreias de Cinema.

INDIE LISBOA ’16 | PASSATEMPO MHD

A Magazine.HD e o Indie Lisboa têm para oferecer 10 convites simples para qualquer sessão à tua escolha, a partir do dia 25 de abril.

Para te habilitares a ganhar um destes prémios, apenas é necessário:

  • Ser FÃ da página do FACEBOOK da Magazine.HD
  • Preencher os dados adiante requeridos até às 10h de dia 24 de abril e responder às seguintes questões:
  1. Qual a o nome do filme de Mia Hansen-Løve que fechará o Indie LisboaPode ser útil a consulta desta página.
  2. Quantos filmes têm estreia prevista, nos cinemas nacionais, para a semana de 5 de maio? Pode ser útil a consulta deste nosso artigo.
  • Código: MHD_INDIE_LISBOA_16

INDIE LISBOA 2016 – 20 DE ABRIL A 1 DE MAIO

 

indie lisboa

 

– Os vouchers sorteados são unitários, não podendo mais do que uma pessoa beneficiar dos mesmos.
– Os vouchers devem ser trocados por bilhetes a partir do dia 25 de Abril – , na bilheteira central do IndieLisboa situada no Cinema São Jorge (Av. da Liberdade, 175), no horário de funcionamento: das 10h até ao início da última sessão ou na Cinemateca Portuguesa (R. Barata Salgueiro, 39), caso a sessão seja nesta sala, duas antes de cada uma das sessões, mediante apresentação do BI/CC.
– Os bilhetes são válidos para as sessões do IndieLisboa a decorrer no Cinema São Jorge e na Cinemateca Portuguesa, de 25 de Abril a 1 de Maio, no limite dos lugares disponíveis.
– Não se efectuam trocas de bilhetes.

VENCEDORES

Ana Teresa Caeiro
Pedro Lima
Inês Galrão
Liliana Jesus Lourenço
Tatiana Moço de Carvalho
João Diogo Rocha Pereira
Afonso Baptista
Diana Leal da Silva Cordeiro de Lima
Jessica Silva
Sara Andrade

IMPORTANTE

  • Para a atribuição de qualquer dos prémios, designadamente Ingressos, dvds, blu-rays, cds, jogos ou livros, serão apenas consideradas participações válidas, aquelas que tenham os dados pessoais solicitados, além da indicação das respostas certas.
  • Entre as respostas certas, vencedores são selecionados de forma equitativa em função do nº de respostas e do nº de ofertas ou convites a atribuir, sendo que só é válida uma participação por pessoa.
  • A lista dos vencedores será anunciada no Facebook e publicada no nosso Site.
  • Os vencedores serão contactados por e-mail.
  • Salvo indicação expressa em contrário, os portes de envio não estão incluídos.
  • A participação neste passatempo pressupõe que o seu titular aceita lhe seja enviada a nossa newsletter informativa e de aviso sobre outros passatempos.

Maria João Bilro

Sou doida por cinema - tenho um grave problema em aceitar que a minha vida não é um indie, mas tento fechar os olhos a esse pormenor e continuo a usar óculos escuros à noite e a dançar músicas dos anos 60 de forma (muito) estranha no meio da rua. Licenciada em Ciências da Comunicação, com formação em Realização e Fotografia.

Maria João Bilro has 427 posts and counting. See all posts by Maria João Bilro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *