Libertado o novo póster de “Alexandre e o Terrível, Horrível, Nada Bom, Péssimo Dia”, da Disney

 

ALEXANDRE E O TERRÍVEL, HORRÍVEL, NADA BOM, PÉSSIMO DIA estreia nos cinemas em Portugal no inverno de 2014.

 

FICHA TÉCNICA

  • Elenco: Steve Carell, Jennifer Garner, Dylan Minnette, Ed Oxenbould, Kerris Dorsey, Megan Mullally, Jennifer Coolidge, Bella Thorne
  • Realizador: Miguel Arteta
  • Produtores: Shawn Levy, Lisa Henson, Dan Levine
  • Produtores Executivos: Philip Steuer, Jason Lust
  • Argumento: Rob Lieber
  • Disney | Comédia Familiar | Estreia Inverno de 2014

 

SINOPSE

“Alexandre e o Terrível, Horrível, Nada Bom, Péssimo Dia”, da Disney, acompanha as aventuras do menino de 11 anos, Alexandre (Ed Oxenbould), naquele que é o dia mais horrível e terrível da sua curta vida – um dia que começa com pastilha colada ao seu cabelo, seguido por uma calamidade atrás da outra. Mas quando Alexandre partilha com a sua animada família as desventuras do seu desastroso dia, recebe pouca compaixão e começa a pensar como seria se as coisas más lhe acontecessem a ele. Depressa percebe que não está sozinho quando a sua mãe (Jennifer Garner), o pai (Steve Carell), o irmão (Dylan Minnette) e a irmã (Kerris Dorsey) se encontram a viver o seu próprio terrível, horrível, nada bom, péssimo dia. Quem disser que um dia mau não existe, nunca teve nenhum.

 

NOTAS DE PRODUÇÃO

  • O realizador Miguel Arteta recebeu um Independent Spirit Award, em 2001, para melhor filme com menos de $500,000 por “Chuck & Buck”.
  • “Alexandre e o Terrível, Horrível, Nada Bom, Péssimo Dia”, publicado em 1972, foi escrito por Judith Viorst, ilustrado por Ray Cruz e inspirado nos filhos de Viorst, Alexander, Anthony e Nicholas. Com mais de 2 milhões de cópias impressas, tornou-se num ALA Notable Children’s Book e venceu um George G. Stone Center Recognition of Merit, um Georgia Children’s Book Award e uma distinção como livro Reading Rainbow. Viorst escreveu as sequelas: “Alexander, Who Used to be Rich Last Sunday” (1978) e “Alexander, Who’s Not (Do You Hear Me? I Mean It!) Going to Move” (1995).
  • O livro de 1972 foi inicialmente adaptado para o pequeno ecrã num musical animado para a HBO, em 1990, antes de Viorst colaborar com os compositores Charles Strouse (música) e Shelley Markham (banda sonora) para um musical de 1998 no Kennedy Center em Washington, D.C.
  • “Alexandre e o Terrível, Horrível, Nada Bom, Péssimo Dia” é a primeira adaptação live-action do clássico infantil.

 

ALEXANDRE E O TERRÍVEL, HORRÍVEL, NADA BOM, PÉSSIMO DIA

 

Rui Ribeiro

Engenheiro, publisher, melómano e audiófilo, daqueles que ainda vão ao cinema, compram vinil, cd's, blu-rays, a Empire e a Stereophile em papel.

Rui Ribeiro has 1202 posts and counting. See all posts by Rui Ribeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *