Atrás das Câmaras | Locke em estreia no seu Videoclube

Atrás das Câmaras

Conheça factos curiosos acerca dos grandes êxitos de bilheteira em estreia no Videoclube da NOS


 A Magazine.HD e a NOS dão-lhe a conhecer as estreias da semana no seu Videoclube de um ponto de vista singular: atrás das câmaras. Bandas sonoras, críticas de cinema, vídeos que o farão rir, curiosidades de cariz mais ousado e números de box-office, são alguns dos artigos que aqui poderá acompanhar.

 

 

 

Locke

UM HOMEM, UM CARRO, UMA VIDA EM MOVIMENTO E… UMA PRESTAÇÃO INCRÍVEL DE TOM HARDY

Steven Knight, argumentista de “Promessas Perigosas” de David Cronenberg, tem em “Locke” apenas o seu segundo trabalho como realizador, depois da estreia com o thriller de ação “Redenção” (protagonizado por Jason Statham). Mas “Locke” é um desafio diferente e singular: Knight é obrigado a ser o guia de Tom Hardy, numa narrativa limitada no espaço (o filme é todo ele filmado dentro de um carro) mas facilmente extensível através das suas sucessivas camadas psicológicas.

Hardy interpreta um homem que tenta remediar a sua vida numa única noite, através de uma decisão que, paradoxalmente, o pode levar ao colapso. Um homem, um carro, uma vida em movimento. Tom Hardy tem em “Locke” um dos seus mais desafiantes papéis da carreira: um tour de force de alguém desesperado por sarar as feridas que inconscientemente criou na sua vida e na vida dos que lhe são próximos. O filme é de Hardy, ora este não fosse um autêntico one-man show. As suas angustiantes expressões faciais, aliadas a um tom de voz aparentemente calmo são apontamentos fulcrais para que esta se torne uma das melhores e mais subtis interpretações masculinas do ano.

Também o argumento de Knight é virtuoso. A sua estrutura e inteligência permitem que o espectador não perca, em momento nenhum, a sua atenção. E é sobretudo devido a estes dois homens que “Locke” se torna uma experiência tão íntima e intensa sobre a condição do homem pecador, sobre a necessidade do perdão, sobre a nossa capacidade de superar os erros… enfim, sobre a vida e todos os seus altos e baixos, rumo a um final que, por diversas vezes, não é tão feliz como aquele que ambicionamos.

Título: Locke
Género: Drama
Duração: 85′ 
Realização: Steven Knight
Elenco:  Tom Hardy, Olivia Colman, Ruth Wilson, Andrew Scott

Sinopse: Ivan Locke trabalhou arduamente para conseguir a vida que ambicionava. Na véspera do maior desafio da sua carreira, Ivan recebe um telefonema que desencadeia uma série de eventos que irão pôr em causa a sua família, o trabalho e até a sua alma.

Trailer: 

Daniel E.S.Rodrigues

Sonho como se estivesse num filme de Wes Anderson, mas na verdade vivo no universo neurótico de Woody Allen. Sou obcecado pela temporada de prémios, e gostaria de ter seguido a carreira de cartomante para poder acertar em todas as previsões dos Óscares, Globos de Ouro (da SIC), Razzies, Troféus TV7 Dias e Corpo do Ano Men's Health. Mas, nesse universo neurótico e imperfeito em que me insiro, acabei por me tornar engenheiro. Sigam-me no Instagram para mais bitaites sobre Cinema, Música, Fotografia e outras coisas desinteressantes.

Daniel E.S.Rodrigues has 585 posts and counting. See all posts by Daniel E.S.Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *