Fontes de Poder

As maiores fontes de poder da ficção científica

No cerne da magia cinematográfica, está uma quantidade impressionante de energia. Não só é necessária para alimentar os (teóricos) incríveis dispositivos apresentados nos filmes, como os próprios protagonistas. Durante as últimas gerações, os argumentistas criaram todo o tipo de soluções futuristas, e algumas delas são agora ícones do mundo da ficção científica. Considera o Tocha Humana (Quarteto Fantástico), o martelo de Thor e o sabre de luz dos Jedi. Eles têm a capacidade de derreter o aço, controlar os elementos e dissecar os adversários mais poderosos, respetivamente. No entanto, apesar de potentes, se combinarmos as suas fontes de poder, a sua força representa menos do que o equivalente a uma única tonelada de TNT (uma quantidade particularmente pequena de energia, dadas as suas aplicações espantosas). Com o apoio de Save On Energy, apresentamos-te as maiores fontes de energia do universo da ficção científica.

1 de 11

10. TOCHA HUMANA, EM QUARTETO FANTÁSTICO

Tocha Humana

Quando ouvimos “Flame On!” (“Chama Acesa!”), já sabes que o Tocha Humana está prestes a aquecer. O seu ataque mais poderoso é a Supernova (equivalente à explosão de uma estrela), onde produz mais de um milhão de graus centígrados de calor. Isto significa que qualquer temperatura inferior não é capaz de queimar esta entidade super do Quarteto Fantástico.

1 de 11

Luis Telles do Amaral

Escritor de O Diário da Pandemia, administrador do blogue Para Lá da Kapa e a licenciar-se em Microbiologia. Considero-me um devorador de livros nato e fã assíduo do grande ecrã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *