Jornal Público celebra Marcello Mastroianni com nova coleção

No mês que marca o aniversário da morte de um dos maiores atores italianos de sempre, Marcello Mastroianni, o Público edita uma coleção com oito dos seus filmes.

Com uma carreira que começou com trabalho de figurante nos anos 30 e terminou em 1997 com o papel principal num filme de Manoel de Oliveira e, pelo caminho, incluiu algumas das mais aclamadas obras-primas do cinema italiano, Marcello Mastroianni é alguém a que se poderá, com toda a legitimidade, chamar uma lenda da sétima arte. Agora, no mês em que se marcam os 20 anos desde a sua morte, a 19 de dezembro de 1996, o jornal Público vem celebrar o seu legado com uma coleção de oito dos seus melhores e mais importantes filmes.

 

marcello mastroianni público
Noites Brancas

 

As oito obras são todas assinadas por diferentes realizadores, sendo que, a 16 de dezembro, o primeiro DVD foi Noites Brancas de Luchino Visconti, onde a teatralidade operática típica desse autor está em fabulosa evidência. Mais perto do Natal, dia 23, saiu nas bancas Um Dia Inesquecível de Ettore Scola. Interpretar o vizinho homossexual de uma dona-de-casa encarnada por Sophia Loren, durante o auge do fascismo italiano, valeu a Mastroianni uma nomeação ao Óscar de Melhor Ator de 1977. Essa foi uma das suas três indicações ao galardão mais cobiçado de Hollywood.

Lê Também: Top 10 filmes do cinema italiano

Lê Também:
Olga, em análise

Já próximo do final de 2016, o Público lançará Matrimónio à Italiana, outra das colaborações entre Mastroianni e a belíssima Sophia Loren, desta vez sob a direção de Vittorio de Sicca. Esta comédia irreverente valeu á protagonista uma merecida nomeação ao Óscar de Melhor Atriz., uma raridade tanto pelo facto de o filme ser falado em italiano como pela natureza desavergonhadamente cómica da história.

 

marcello mastroianni público
Matrimónio à Italiana

 

Uma faceta incontornável da persona cinematográfica de Mastroianni é o seu estatuto como charmoso mulherengo e os dois filmes seguintes desta coleção destacam isso mesmo. Com data de lançamento marcada para 6 de janeiro, A Cidade das Mulheres é uma das obras mais tardias do igualmente lendário Federico Fellini, onde as inseguranças masculinas são exploradas de modo onírico e quase surreal. Uma semana depois, a 13 de janeiro, fãs de Mastroianni poderão adquirir o DVD de Casanova 70, uma obra de Mario Monicelli onde o ator encarna uma versão modernizada de um dos mais famosos sedutores de sempre.

 

marcello mastroianni público
A Cidade das Mulheres

 

Num tom bastante mais sério, temos A Noite de Michelangelo Antonioni, onde um ruinoso matrimónio entre a personagem de Mastroianni e Jeanne Moreau numa das suas melhores prestações, pinta um devastador retrato do amor vivido no impiedoso mundo moderno. Esse austero pas de deux romântico chega às bancas dia 20 de janeiro, seguido de A Grande Farra dia 27 do mesmo mês. Nessa obra de Marco Ferrerri os temas podem ser muito sérios, mas a execução dá à história a energia de uma comédia grotesca que, aquando da sua estreia, causou imensa polémica.

Lê Também:
Olga, em análise

Lê Ainda: A Volta ao Mundo em 80 Filmes

Finalmente, a coleção termina a 3 de fevereiro com aquele que foi o último filme de Marcello Mastroianni, Viagem ao Princípio do Mundo. Esta obra metatextual e auto referencial, realizada por Manoel de Oliveira, representa o único título desta coleção a não ser realizado por um cineasta italiano.

 

marcello mastroianni público
Viagem ao Princípio do Mundo

 

Com tudo isto dito, fica atento, todas as sextas-feiras, ao Público caso te queiras deliciar com a glória de Marcello Mastroianni e a sua filmografia. Cada DVD custa 5 euros e, se desejares mais informações ou comprar a coleção diretamente pela net, consulta o site oficial do Público.

Cláudio Alves

Licenciado em Teatro, ramo Design de Cena, pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Ocasional figurinista, apaixonado por escrita e desenho. Um cinéfilo devoto que participou no Young Critics Workshop do Festival de Cinema de Gante em 2016. Já teve textos publicados também no blogue da FILMIN e na publicação belga Photogénie.

Cláudio Alves has 1571 posts and counting. See all posts by Cláudio Alves

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.