Miramax à venda por mil milhões de dólares

 

A produtora e distribuidora Miramax Films está à venda, e o seu valor, segundo a revista Variety, pode chegar aos mil milhões de dólares.

 

A venda do estúdio, produtor de mais de 700 filmes, pode atingir os mil milhões de dólares. A dimensão do catálogo de títulos é uma das razões, apontadas pelos investidores, para o alto valor da venda. “Este País Não é para Velhos” e “O Bom Rebelde” poderão ser atrativos para potenciais compradores. No entanto, diversos analistas consideram que o valor anunciado pode estar inflacionado – a Disney vendeu a Miramax por 660 milhões de dólares, em 2010.

Os investidores da Miramax explicam a venda pelo constante crescimento da visualização online. Com o regresso do investimento no setor e a proliferação dos serviços digitais da Netflix e da Amazon, a procura por conteúdo cinematográfico aumentou e espera-se que o ano de 2015 quebre recordes.

Lê Também:
Os 15 melhores cães do cinema de animação

LEIA TAMBÉM: Netflix compra direitos de vários filmes independentes

Fundada pelos irmãos Harvey e Bob Weinstein, em 1979, Miramax Films é um símbolo dos independentes americanos. A consagração da sua estratégia ocorreu em 1997, com a vitória de nove estatuetas nos Oscars com o filme “O Paciente Inglês”, realizado por Anthony Minghella.

Em 1993, o estúdio foi vendido à Disney por Harvey e Bob Weinstein, mas mantiveram-se ligados à sua gestão até 2005. Por sua vez, em 2010, a Disney vendeu-a ao grupo Filmyard Holdings, que envolve capitais americanos e do Qatar.

Do catálogo da Miramax fazem parte títulos emblemáticos como “O Piano” (Jane Campion, 1993), “A Paixão de Shakespeare” (John Madden, 1998), ”Pulp Fiction” (Quentin Tarantino, 1994) ou “Trainspotting” (Danny Boyle, 1996).

 

Catarina Fernandes

Mestre em Ciências da Comunicação e fotógrafa amadora. Seriófila compulsiva e apaixonada por literatura, assim como pelo cinema e pela sua história. (Extremamente) Viciada em música e concertos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *