Mr. Holmes | Mini-Crítica

 

Mr. Holmes é assim como uma bela sinfonia em dó maior, com todos os andamentos maravilhosamente articulados entre si.

mr. holmes poster
  • Título Original: Mr. Holmes 
  • Realizador: Bill Condon
  • Elenco: Ian McKellen, Laura Linney, Milo Parker
  • Género: Crime, Mistério, Drama
  • NOS Audiovisuais| 2015 | 104 min

[starreviewmulti id=13 tpl=20 style=’oxygen_gif’ average_stars=’oxygen_gif’]

 

Felizmente que há filmes destes para encher a alma e o coração e desentupir os ouvidos de tanto ruído gerado pelo mainstream e a habitual pirotecnia da época. Efetivamente não é todos os dias que temos ficção sobre a ficção e muito menos com esta qualidade quase mágica, ou não estivéssemos perante o nosso mais precioso mago (Ian McKellen).

mr holmes 17

LÊ MAIS: Cenas inéditas do novo filme Mr. Holmes

Mr. Holmes é assim como uma bela sinfonia em dó maior, com todos andamentos maravilhosamente articulados entre si, os grandes temas do envelhecimento, a perca de memória e a solidão na terceira idade, contada e tocada pela contagiante atitude e determinação daquele prodigioso garoto (Milo Parker). E a dor sempre latente e cruel, transforma-se numa inteligente e cúmplice viagem por memórias e autêntica memorabilia Sherlockiana. Uma sinfonia destinada a verdadeiras salas de cinema, como aquela em que Mr. Holmes revê um filme baseado numa das suas próprias histórias sobre Sherlock Holmes.

Um excelente argumento adaptado, e uma das melhores bandas sonoras deste ano, assinada pelo grande Carter Burwell (Twilight) que define desde o primeiro acorde a grandeza do que nos espera. O Ian McKellen, a Laura Linney e o prodigioso Milo Parker dão uma lição de representação. Um dos melhores filmes deste ano, 3 nomeações aos Óscares da interpretação, outra para o argumento adaptado e uma banda sonora que talvez já tenha mesmo ganho a estatueta.

 mr holmes 14

CONSULTA TAMBÉM: Guia das Estreias de Cinema | Julho 2015

O PIOR – aquele momento em que dá vontade de chorar por mais, quando cai o pano, The End…

O MELHOR – Quase tudo, mas em especial o trio Ian McKellen, Milo Parker, Laura Linney (por esta ordem) e a banda sonora de Carter Burwell.

RR 

Rui Ribeiro

Engenheiro, publisher, melómano e audiófilo, daqueles que ainda vão ao cinema, compram vinil, cd's, blu-rays, a Empire e a Stereophile em papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *