NOS Primavera Sound 2016 | Os 5 concertos que não podes mesmo perder no segundo dia

O NOS Primavera Sound continua esta sexta-feira com o seu dia mais recheado da edição de 2016. Entre as memórias de Brian Wilson e PJ Harvey e os sonhos de Beach House, não há paragens para descanso. Só paragens obrigatórias. 

Finalizada a aventura do primeiro dia, que se desdobra em viagens entre as colinas do Palco Super Bock e o Palco NOS, chegamos ao segundo dia do NOS Primavera Sound com a certeza de que algumas sobreposições de horários nos vão fazer mal ao coração. Destroyer vs BREAK>? Brian Wilson vs Dinosaur Jr.? Tortoise vs Beach House?

Cass McCombs | Palco NOS –  17h55

Cass-McCombs

O dia começa mais cedo no Palco Super Bock, mas a nossa primeira grande aposta vai para o concerto que inaugura o Palco NOS. O californiano Cass McCombs regressa a Portugal com a coletânea de raridades e b-sides, “A Folk Set Apart”, na bagagem mas com um novo álbum já na calha, depois do lançamento do single “Opposite House”. Clássicos das suas aventuras e desventuras pelo folk americano não faltarão. Estamos expectantes por ouvir “County Line” ao vivo e em bom som!

Brian Wilson | Palco NOS – 20h00

02-brian-wilson-2

O mítico Brian Wilson, principal impulsionador dos Beach Boys, apresenta no Porto um concerto único e decerto memorável com a interpretação integral do não menos mítico álbum “Pet Sounds”. Depois da receção calorosa do biopic “Love & Mercy”, Brian Wilson atirou-se a uma tour histórica de revisitação do álbum que revolucionou a música pop e que comemora este ano 50 anos do seu lançamento. Acompanhado por Al Jardine e Blondie Chaplin, bem como por alguns dos músicos que o ajudaram a realizar “Pet Sounds” ao vivo em 2002, Wilson está de volta com uma oportunidade histórica para ver ao vivo um dos álbuns mais bonitos alguma vez gravado.

 

Savages | Palco Super Bock – 21h25

Savages1

Depois de Brian Wilson, seguem-se as Savages no palco ao lado. O quarteto londrino vem apresentar o seu segundo álbum, editado em 2016, depois do mediatismo que alcançaram com “Silence Yourself”. Se no primeiro dia de Primavera Sound o punk esteve entregue aos incríveis Parquet Courts, no segundo dia essa tarefa está do lado do post-punk das Savages.

PJ Harvey | Palco NOS – 22h35

PJ Harvey.

A rainha do rock poderia muito bem vir ao Porto fazer uma daquelas interpretações integrais de qualquer um dos seus álbuns, à semelhança do que Patti Smith fez em 2015. Mas não. PJ Harvey vem entoar clássicos mas traz também música nova. “The Hope Six Demolition Project” é o nome do álbum que acrescenta um novo capítulo a uma das carreiras mais notáveis e ingovernáveis da história do rock das últimas décadas.

Beach House | Palco NOS – 1h15

Beach-House

Dream pop madrugada adentro com estrelinhas no céu (se a chuva não decidir compor a noite), num pleno anfiteatro natural do Parque da Cidade onde a brisa do mar se esquiva por entre as árvores e chega até nós fazendo-nos espirrar unicórnios e lacrimejar um arco-iris infinito. Haverá melhor lugar no mundo para ver um concerto de Beach House? Depois de terem editado dois álbuns em 2015 e de já terem vindo ao Porto e Lisboa em novembro, o que esperar deste concerto? Tudo!

 

O NOS Primavera Sound 2016 está no Parque da Cidade do Porto ainda amanhã. Air, Explosions in the Sky e Moderat são alguns dos destaques. 


 

Daniel E.S.Rodrigues

Sonho como se estivesse num filme de Wes Anderson, mas na verdade vivo no universo neurótico de Woody Allen. Sou obcecado pela temporada de prémios, e gostaria de ter seguido a carreira de cartomante para poder acertar em todas as previsões dos Óscares, Globos de Ouro (da SIC), Razzies, Troféus TV7 Dias e Corpo do Ano Men's Health. Mas, nesse universo neurótico e imperfeito em que me insiro, acabei por me tornar engenheiro. Sigam-me no Instagram para mais bitaites sobre Cinema, Música, Fotografia e outras coisas desinteressantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *