O Estranho Caso do Merchandising Cinematográfico

Aquele momento em que o Merchandising de um filme não conseguia ser mais estranho ou inapropriado…

O Natal está a poucos mais de um mês de distância, mas apesar de o velhote cheiinho e barbudo estar prestes a partir da Lapónia para distribuir os seus presentes por todo o mundo, acredito que muitos de vocês, tal como nós pela MHD, ainda não tenham decidido o que oferecer a todas as pessoas que vos são queridas.

É um aborrecimento anual e constante, especialmente para aquelas pessoas que não fazemos bem ideia do que oferecer… Mas como gostamos de ajudar o próximo, hoje venho trazemo-vos algumas sugestões divertidas de itens que podem oferecer a um amigo entusiasta de determinado filme ou do cinema em geral.

Ok. Talvez estivessemos a brincar… Na verdade reescrevemos a recomendação: não ofereçam isto a ninguém.

 

(ATENÇÃO: alguns destes artigos não se constituem, felizmente, como merchandising oficial dos filmes que representam)

 

**** **** ****

 

O GELADO DE JAMES BOND

icelolly-in-the-shape-of-James-Bond-star-Daniel

Em 2009, a marca Del Monte fez uma sondagem entre 1000 mulheres questionando-as sobre que figura pública gostavam de ver enfiada num pau de gelado. A resposta, como já devem calcular, está à vista da imagem. A edição especial do gelado foi moldada de acordo com a famosa cena na praia de Casino Royale, o primeiro filme de Daniel Craig como o famoso espião britânico James Bond.

Lê Também:
Disney+ Day será um celebração cheia de novidades

 

OS MOLHOS DE PAUL NEWMAN

Paul Newman Pasta Sauce

Acreditamos que, quando pensam num produto de sucesso que uma celebridade pode criar para vender, molhos de saladas não surjam nas primeiras linhas da vossa lista. Bom, na verdade, nem deve vir na vossa lista, o que é perfeitamente normal. Mas isso não impediu Paul Newman de criar a sua própria linha de molhos. Temos contudo de enfatizar que todos os ganhos reverteram para associações de caridade.

 

OS CAIXÕES DE STAR TREK

311977-star-trek-coffin-and-urn

A haver um prémio para os produtos mais mórbidos, ele iria indubitavelmente para Star Trek. Infelizmente, a linha já não se vende online (mas foi um “hit” em 2009) mas ia desde o caixão à urna para as cinzas do mais acérrimo fã da saga, os produtos “morra feliz com Star Trek” criaram uma nova dimensão de trevas.

 

 

AS CUECAS DE 300

300 cuecas

Não pomos em risco a sua lealdade aos modelos originais, mas o misto de desconforto que parecem causar, o ardor nos olhos que  causa só a olhar e o preço fizeram destas cuecas bélicas um must na lista. Podem encomendar aqui por 94,99 dólares.

 

O DEDO DO ET

etfingerlight

É impossível não imaginar um grupo de pais horrorizados perante o pedido inocente dos filhos de receber este dedo do ET no Natal. Além de, bom, ser só um dedo com luz, parece saído de uma loja excêntrica de fetiches duvidosos.

Lê Também:
Disney+ Day será um celebração cheia de novidades

 

A ALMOFADA DE TWILIGHT

almofada

Quando procuravamos de material para este artigo, encontramos muitas coisas engraçadas e à qual tínhamos intenção de dar destaque individual. Mas há coisas que são de facto demasiado tenebrosas para discutir em detalhe. Neste capítulo surge uma série de produtos de merchandising de Twilight (ou deverei dizer, de Edward Cullen?), que parecem mostrar que a presença do vampiro brilhante na nossa casa nunca pode ser demais. Desde o papel de parede para vos fazer companhia ao lado da cama, até ao homem-almofada, para vos confortar nos momentos mais sozinhos – para quê um ombro amigo se podem ter uma almofada pé-de-chinelo com uma cara pixelizada do príncipe Cullen? É de sonho.

 

O LIVRO DE CARTAS PARA O ET

lettersetcover2

Sabemos que livros spin up não são novidade nenhuma, mas queriamos partilhar convosco esta coletânea tão… única. Trata-se de uma colecção de cartas enviadas por fãs do filme E.T. ao realizador Steven Spielberg… e ao próprio ET. A parte mais grave da questão é que, supostamente, estas são cartas verdadeiras.

et-letter-3-500x592

 

 

O CHUPA-CHUPA DE STAR WARS

jar jar

Este chupa-chupa de Jar Jar Binks é uma daquelas coisas absolutamente perturbadoras e 100% erradas e que é quase inconcebível entender como foram sequer autorizadas a por à venda.

 

Catarina Oliveira

Licenciada em Ciências da Comunicação e com formação complementar em Design Gráfico, além de editora e diretora criativa da MHD é também uma das sócias fundadoras da mais recente face da empresa. Colaboradora de Cinema na Vogue Portugal. Gestora de conteúdo na Lava Surf Culture e NOS Empresas - Criar uma Empresa. Autora do blog de Cinema Close-Up.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *