O maior evento do mundo dos fãs LEGO, de volta ao Campo Pequeno

De 25 de Abril a 4 de Maio a Praça do Campo Pequeno vai acolher a maior exposição internacional alguma vez organizada por fas da conhecida marca de brinquedos.

Os responsáveis pela verdadeira romaria que, ano após ano, transformaram Lisboa numa espécie de capital das construções, com os famosos tijolinhos de plástico dinamarqueses, asseguram que esta será a maior e melhor exposição de sempre.

A justificar esta afirmação alegam que em nenhum outro local do mundo é possível visitar, em simultâneo, monumentos como a gigantesca Catedral de Colónia ou a mansão de Bruce Wayne (Batman), revisitar o mundo da Star Wars, ver passar os carros do Rally Dakar e o comboio presidencial português, assistir a um concerto comemorativo dos 35 anos dos Xutos, entrar numa cidade medieval ou conhecer o interior da casa dos Simpsons, tudo feito, é claro, com peças LEGO.

Lê Também:
EA quer ressuscitar um IP já "estabelecido"

Nos dias 25 e 27 de Abril haverá lugar ao desfile dos bonecos da Linhaceira, um grupo tradicional do Concelho de Tomar que concebeu dezenas
de personagens em formato maxifig, numa lógica de homenagear personagens reais e fictícios, animação esta que se junta à presença diária dos jogos LEGO no espaço Ludopólis ou aos mais de 10 mil tijolos disponíveis nas diversas atividades e passatempos do espaço MEO KIDS.

Entretanto, face ao crescente aparecimento de pequenos eventos noutras localidades, a organização do Mega Evento do Campo Pequeno refere que este é o único evento oficial da CAMP LEGO USER GROUP a decorrer em território nacional nos meses de abril e maio.

Os bilhetes custam entre os 3 e os cinco euros e o certame estará aberto diariamente das 10h às 21 horas.

Lê Também:
EA quer ressuscitar um IP já "estabelecido"

Site: http://www.campopequenolegofanevent.com/
Facebook: https://www.facebook.com/CampoPequenoLego

Rui Ribeiro

Engenheiro, publisher, melómano e audiófilo, daqueles que ainda vão ao cinema, compram vinil, cd's, blu-rays, a Empire e a Stereophile em papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *