Restos do Vento © Leopardo Filmes

Óscares 2023 | Os filmes portugueses na corrida

A Academia Portuguesa de Cinema já seleccionou os 5 filmes a votação para representar Portugal nos Óscares 2023. Conhece os candidatos.

De cinco filmes nomeados pela Academia Portuguesa de Cinema, um deles poderá estar a caminho da corrida aos Óscares 2023. De todas as longas-metragens elegíveis, a lista de nomeados foi seleccionada pelo comité de pré-selecção, composto por Alexandra Ramires (realizadora de Animação), Ivo Canelas (ator), Jorge Paixão da Costa (realizador), Luís Branquinho (director de fotografia), Margarida Marinho (actriz), Paulo Furtado (compositor), Tathiani Sacilotto (produtora).

Todos os membros da Academia Portuguesa de Cinema irão votar de 1 a 18 de setembro, sendo que o seleccionado será anunciado a 19 de setembro; o candidato poderá assim estar elegível na categoria de Melhor Filme Internacional na 95ª edição dos Óscares (12 março de 2023). Carrega nas setas para conheceres os cinco nomeados.

ALMA VIVA

Filmes Portugueses
Alma Viva © Midas Filmes

Com produção da Midas Filmes e em coprodução com França e Bélgica, “Alma Viva” teve a sua estreia mundial na na Competição da Semana da Crítica do Festival de Cannes em 2022.

Na sua primeira longa-metragem, Cristèle Alves Meira filmou no norte de Portugal, na região de Vimioso, de onde a sua família é originária, a história de Salomé, uma menina filha de emigrantes portugueses em França que vem todos os anos passar as férias de verão com a sua avó, com quem tem uma forte ligação afectiva e espiritual. O filme retrata a emigração portuguesa, as famílias que se separam e as complexas diferenças económicas e sociais que daí advêm.




LOBO E CÃO

Filmes Portugueses
Lobo e Cão © Terratreme Filmes

Rodado na Ilha de São Miguel, nos Açores, com um elenco de actores não-profissionais, a longa-metragem de Cláudia Varejão, vai ter estreia absoluta na 79ª edição do Festival de Veneza, que acontece até 10 de setembro.

 “Lobo e Cão” dá-nos a conhecer a realidade insular através de Ana, do seu grupo de amigos e da sua família. O filme cruza realidade e ficção, numa ode à comunidade queer desta ilha.




MAL VIVER

Óscares Filmes PT Candidatos
Mal Viver © Midas Filmes

O filme de João Canijo, com produção Midas Filmes, é sobre mães que não conseguem amar as filhas que, por sua vez, não conseguem ser mães. Conta a história de uma família de cinco mulheres que herdou um hotel de província e tenta salvá-lo da ruína. Com a chegada da mais nova mulher da família, feridas e disputas adormecidas são reabertas, num fim-de-semana em que os próprios clientes do hotel, vivem relações atribuladas.




RESTOS DO VENTO

Restos do Vento
Restos do Vento © Leopardo Filmes

Produzido pela Leopardo Filmes, “Restos do Vento”, é realizado por Tiago Guedes e a sua estreia nos cinemas portugueses acontece apenas no próximo dia 22 de setembro.

A longa-metragem baseia-se numa tradição pagã de uma vila do interior de Portugal, que deixa traços dolorosos num grupo de jovens adolescentes. 25 anos depois, ao reencontrarem-se, o passado ressurge e a tragédia instala-se.




SALGUEIRO MAIA – O IMPLICADO

Salgueiro Maia
Salgueiro Maia – O Implicado © Filipe Feio

“Salgueiro Maia – O Implicado” constitui o primeiro retrato daquele que é considerado o herói e o símbolo mais puro do 25 de Abril de 1974. Fernando Salgueiro Maia, o anti-herói não ocasional, produto de uma formação académica e militar, foi um homem que soube pensar o futuro, seguir as ideias, contestando-as, vivendo uma vida cheia, alegre e fértil, solidária e sofrida – se não tem morrido prematuramente aos 47 anos, teria agora 75. Através de uma abordagem moderna, intimista e emocional, Salgueiro Maia – O Implicado retrata as histórias que ainda não foram contadas sobre o Capitão de Abril.

 

 

Marta Kong Nunes

Fanática de cinema e séries por pura paixão, sou da geração Disney mas também das Tartarugas Ninjas, Motoratos e afins. Já passei pela obsessão de vários géneros de cinema e apesar de me considerar eclética, nada me tira o gozo de um bom filme de acção (por muito irrealista que seja). Séries também se devoram por cá, mas a magia de um filme, será sempre a magia de um filme!

Marta Kong Nunes has 3069 posts and counting. See all posts by Marta Kong Nunes

0 thoughts on “Óscares 2023 | Os filmes portugueses na corrida

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.