Preacher

Preacher: As diferenças entre a banda-desenhada e a série

Sam Catlin, Seth Rogen e Evan Goldberg são os responsáveis pela adaptação da controversa banda-desenhada Preacher. O trio conseguiu criar uma série sangrenta inspirada na BD, mas com diversas distinções entre as histórias. Conhece as principais diferenças entre a banda-desenhada e a série do AMC.

1 de 5

 

Preacher

ANNVILLE

Na banda-desenhada a presença de Annville é reduzida, a cidade apenas é mencionada nas primeiras páginas até ser completamente destruída por Genesis. Jesse é deixado sem nada, o que o motiva a começar a sua aventura com Tulip e Cassidy.

Como o protagonista é visto por poucas vezes no papel de pastor, Catlin e Rogen decidiram expandir o foco em Annville, de maneira a dar mais profundidade à personagem e mostrar a sua decadência.

Assim, na primeira temporada de “Preacher” vemos Jesse a tentar salvar várias pessoas da cidade, criando relações com elas. Apenas no último episódio do ano inaugural é que Annville tem o seu final, porém não é uma consequência direta de Genesis. A tragédia serviu para mostrar o egoísmo de Jesse com o seu poder.

Lê Também:
Dreamia anuncia The Revenge of the Broadcasters no seu aniversário
1 de 5

Catarina Fernandes

Mestre em Ciências da Comunicação e fotógrafa amadora. Seriófila compulsiva e apaixonada por literatura, assim como pelo cinema e pela sua história. (Extremamente) Viciada em música e concertos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *