Slow Mass (foto de Madi Ellis)

Slow Mass têm mais música para os nossos ouvidos

A banda de Chicago Slow Mass lança esta semana o segundo single do seu mais recente projeto “Music For Ears”. Com “Mal”, o grupo de post-hardcore partilha o lado-A.

Da amizade de Dave Collis e Josh Sparks nasceram os Slow Mass. Na altura, Sparks (percussão) andava em digressão com a banda Into It. Over It, enquanto My Dad, o grupo que Collis (guitarra e voz) integrava, gozava dos seus últimos dias. Os dois reuniam-se quando podiam para tocar e trabalhar em canções. Para responder à necessidade que sentiam de ter mais uma guitarra no conjunto, juntou-se Josh Parks. Com o tempo, o trio começou a procurar vocalistas e baixistas. É aí que entra Mercedes Webb, quando Parks lhe perguntou, na festa de anos da própria, se queria fazer parte da banda. E assim, por volta de 2015, surgiram os Slow Mass.

Lê Também:
Os 25 Melhores Álbuns de 2019

Em 2016, a banda lançou o EP Treasure Pains. Aquando da promoção do mesmo, o grupo expressava já a intenção de lançar um longa-duração a seguir. On Watch, o álbum de estreia, veio dois anos depois, em 2018, com uma recepção positiva por parte de revistas como a Pitchfork e Brooklin Vegan. Em 2019, a banda iniciou um novo projeto, intitulado “Music For Years”, que consiste numa série de discos de 7 polegadas de edição limitada. No site dos Slow Mass pode-se ler “Music For Ears” integra lados-B ainda não partilhados, covers, demos, paisagens sonoras e mais. Qualquer coisa pode ser “Music For Ears”. Na mesma publicação, este projeto é caracterizado como “possivelmente interminável”.

Para já, chegou-nos “Music For Ears 1” em abril de 2019. Consistia no tema original “Siren” e um cover de “Reservations”, dos Wilco. O segundo exemplar é lançado esta semana, no dia 10 de janeiro. Este assume a mesma estrutura que o primeiro, com um original e um cover. “Mal” é o tema original, que já foi divulgado em formato digital. “I’ll Wait With You”, de Pygmy Lush, será a outra faixa do disco de 7 polegadas.

SLOW MASS | “MAL”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *