Stephen Hillenburg, criador de SpongeBob SquarePants, faleceu

Stephen Hillenburg, criador de SpongeBob SquarePants, faleceu

Novembro foi um mês muito complicado para os fãs de desenhos animados. Depois de termos dito adeus a Stan Lee, também uma figura incontornável da infância de todos nós partiu, Stephen Hillenburg.

O criador “SpongeBob Squarepants”, a esponja mais divertida dos oceanos, Stephen Hillenburg, faleceu na segunda-feira passada, aos 57 anos. A notícia da sua morte foi avançada pelo canal Nickelodeon, que transmite os episódios de SpongeBob. Hillenburg tinha revelado, no ano passado, que sofria de ELA (Esclerose Lateral Amiotrófica), doença da qual também Stephen Hawking sofria, tendo falecido este ano.

Lê Também:
15 Filmes mais sobrevalorizados do século XXI

Stephen McDannell Hillenburg nasceu no dia 21 de agosto de 1961, em Oklahoma. Para além de cartoonista era também biólogo marinho. Dessa forma, o seu amor pela biologia marinha era tão grande que o cartoonista aproveitou o seu fascínio pelos habitantes marinhos e concebeu o mundo existente em “SpongeBob Squarepants” e também a personagem de SpongeBob. Assim, Hillenburg iniciou a sua carreira em 1987 e a 1 de maio de 1999 colocou no ar o primeiro episódio de “SpongeBob SquarePants“. Com quase 250 episódios transmitidos até à data, a série infantil arrecadou, entre vários outros prémios, quatro Emmy.

Estamos profundamente entristecidos pelas notícias da morte de Steve Hillenburg após a sua batalha contra a Esclerose Lateral Amiotrófica [também conhecida como a doença de Lou Gehrig, uma doença neurodegenerativa]. Ele era um amigo adorado por todos e um parceiro criativo de longa data com toda a gente na Nickelodeon.

Assim, a Nickelodeon já referiu que as histórias contadas em Bikini Bottom – o local marinho onde decorrem todas as aventuras de SpongeBob – permanecerão, então, como um lembrete da importância do optimismo, da amizade e da imaginação.

VÍDEO | O TRABALHO DE STEPHEN HILLENBURG

Esta é mais uma notícia extremamente triste. Então, também eras fã deste cartoonista que nos fez adorar uma esponja amarela?

Catarina Novais

Eternamente apaixonada pelo mundo do cinema e por tudo o que está ligado à sétima arte. Seriófila nos tempos livres. A escrita e música também são dois vícios permanentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *