Top Jogos: Os melhores momentos da E3

 

É a maior feira de videojogos do mundo e é aqui que se faz História. Jogos são testados, consolas são apresentadas e foram muitas as decisões aqui tomadas que mudaram a indústria. Mas quais foram os momentos mais marcantes, para o bem e para o mal, deste 20 anos de E3?

 

Sega 1005

Sega e Nintendo lutavam pela liderança da indústria e a Sony preparava-se para apresentar a sua primeira consola. Com os lançamentos de Saturn e Playstation planeados para acontecerem na primeira semana de setembro, a Sega faz um anúncio surpresa, indicando que a Saturn estaria, a partir daquele dia, nas lojas norte americanas, ganhando assim um precioso avanço de meses sobre a PS.

*

 

Sony 1995

Numa indústria que apenas tinha dois nomes: Nintendo e Sega, a Sony decide entrar contra dois gigantes, onde Mario e Sonic vendiam acima de tudo o resto. E como entrar no mercado? Com estrondo! A Sony anunciou parcerias com gigantes produtores japoneses e no fim, para loucura dos presentes, o preço… a PlayStation era 100 dólares mais barata do que a aclamada Sega Saturn, que era mais poderosa. A Sony dava assim o primeiro passo para vencer a Sega mais cara e a Nintendo que apenas tinha planeado lançar a N64 no ano seguinte. Começou aqui o reinado Playstation, com um número… 299.

*
Sony 1997

Estamos na era de ouro da Sony. A Nintendo tinha grandes jogos, Mario e Zelda continuavam a ser fantásticos e a arrecadar prémios, mas as vendas da Sony eram impressionantes tendo em conta que era a primeira consola da empresa. E no ano de 1997 a Sony deu o salto definitivo… meses antes roubara a poderosa saga Final Fantasy à Nintendo, e o incrível Final Fantasy VII, lançado meses antes, era um jogo demasiado bom para não ser jogado. Agora a Sony anunciava Tomb Raider 2, com Lara Croft a regressar, agora em exclusivo. Mas os nossos olhos ficaram na apresentação de Metal Gear Solid, jogo que se viria a tornar-se no jogo mais marcante dessa geração.

 

*
Sony 2000

E, tal como todos esperavam, a Sony apresentou a Playstation 2, que se tornaria na consola mais vendida da História da indústria até hoje. Esta foi uma geração totalmente controlada pela Sony que viveu a sua era de ouro antes de perder o seu peso com uma muito cara PS3. A apresentação da PS2 surgiu com trailers de Tekken Tag Tournement e do impressionante Metal Gear Solid 2 que mostrava o regresso de Solid Snake aliado a um incrível poder gráfico da consola da Sony. Para além disso a Sony ainda apresentou Final Fantasy IX para a sua PSOne, mostrando que a sua primeira consola não estava morta.

*
Microsoft 2002

Onde a Dreamcast falhara a Xbox queria triunfar, e para tal apresentou o Xbox Live que ligaria jogadores de todo o mundo. O multiplayer online recebia aqui o empurrão que precisava para se tornar no importante fator que hoje é. A aposta da Microsoft foi arrojada, mas foi o início de uma nova era, sendo um dos momentos mais marcantes de sempre da indústria.

*

 

Nintendo 2005

The Legend of Zelda é um dos nomes mais famosos da indústria, vendendo milhões, ajudando a Nintendo a ter sempre grandes jogos exclusivos. Costumamos dizer que um Zelda é sempre bom, e em 2005 houve um momento de verdadeira loucura para os fãs, com o anúncio surpresa de The Legend of Zelda: Twilight Princess.

*

 

Sony 2005

Uma das maiores controvérsias da E3 aconteceu na conferência da Sony de 2005 quando Killzone 2 apresentou o seu impressionante trailer em que soldados chegavam a uma zona de guerra. Muitos foram os especialistas que afirmaram que tais gráficos seriam impossíveis para a PS3 criar em tempo real, indo contra a afirmação da Sony que todo o vídeo estava a ser criado em tempo real na PS3. Os fãs estavam de boca aberta, pois nunca se tinha visto nada assim. Infelizmente a Sony veio mais tarde confirmar que se tratava de um vídeo previamente feito e que demonstrava o que se pretendia para o jogo no seu estado final. Killzone 2 acabou por ser um bom jogo graficamente mas que ficou longe do que ali fora prometido e o fantasma ficou para sempre.

*
Nintendo 2006

A Nintendo apresenta a sua Wii, numa arrojada e diferente visão sobre o caminho da indústria. Agora os comandos com sensores de movimento seriam o futuro e poderíamos jogar em casa ténis, golfe, boxe, etc… era o início de um novo conceito para jogos com amigos. O resultado está à vista… a Wii era de longe a consola mais fraca, mas as suas vendas foram impressionantes! Para a História fica o momento em que jogadores da audiência foram escolhidos para experimentar a Wii no palco, pela primeira vez, com o Presidente da Nintendo.

*
Sony 2006

Se repararem na nossa lista podem ver que uma boa parte dos momento escolhidos por nós pertence à Sony. A verdade é que a Sony sempre arriscou muito na E3, para o bem e para o mal. Este é, provavelmente, um dos momentos mais embaraçosos de todas as E3. A Sony estava a tentar impulsionar a sua nova consola portátil e depois de vários minutos à volta de um jogo surpresa, chega então o momento em que é apresentado Ridge Racer para PSP. O entusiasmo da Sony é grande, mas muito maior foi o silêncio da audiência ao perceber que esperara tantos minutos para ver uma versão antiga de Ridge Racer… provavelmente o maior silêncio de todas as E3.

*
Microsoft 2006

A Nintendo mostrava a Wii, a Sony apostava nas portáteis e a Microsoft oferece uma conferência completa, com nomes que ficaram para sempre na nossa memória. Foi aqui que a Xbox 360 começou a ganhar a sua geração, resultando num domínio que durou metade dessa geração. O leque de jogos apresentados foi fantástico, com Gears of War, Mass Effect, Bioshock, Fable 2 e Forza 2 a mostrarem que a Sony já não tinha os grandes exclusivos, pois também GTA IV faria agora parte do leque Xbox.

*
Microsoft 2008

Apesar de ter sido um ano muito mais morno para todas as consolas, houve um momento de verdadeira surpresa… a Microsoft anuncia que Final Fantasy XIII seria lançado na sua consola, deixando todos de boa aberta. O poderoso exclusivo Sony, a saga Final Fantasy que vergava o Japão a cada lançamento, iria ser lançado numa consola americana. Talvez o maior golpe de sempre da Microsoft à Sony mesmo que não tenha tido os resultados que se esperava, pois Final Fantasy perdeu algum do seu fulgor, não tendo o poder que teve entre FF VII e FF X que facilmente vendiam consolas por si mesmos.

*
Sony 2009

Esta geração não estava a correr bem à Playstation 3 mas aos poucos parecia que a Xbox 360 perdia alguma força no seu domínio. É então que a Sony faz uma das mais completas conferências de sempre. A Sony mostrou God of War 3, LittleBigPlanet, Gran Turismo 5, Heavy Rain e o impressionante Uncharted 2. Com estes jogos a Playstation 3 mostrava razões claras para ser comprada e a tendência da geração mudava. Para além disso, também foi visto The Last Guardian, jogo que se tornaria num verdadeiro mito… mas antes de termos noção de como esta conferência teve sucesso, a gigante Microsoft vergava o mundo à sua volta…

 

*
Microsoft 2009

…Provavelmente o impacto desta conferência só é comparável ao impacto que a conferência da Sony de 2013 teve. Em 2009 a Sony apresentava os seus grandes jogos para o futuro e teria sido aclamada, se do outro lado a Microsoft não tivesse apresentado o impressionante Project Natal. O Kinect estava a chegar e prometia que o jogador pudesse simplesmente mexer-se na sua sala, sem comandos, sem fios, e o seu avatar faria o mesmo nos seus jogos. O conceito foi tão aplaudido que depois da E3 apenas se falou do Project Natal, deixando toda a concorrência numa penosa sombra. Infelizmente o Kinect nunca se tornou no que todos esperavam.

*

 

Sony 2010

Para enorme surpresa de todos, em 2010 Gabe Newell subiu ao palco da Sony. Depois de anos de costas voltadas o homem forte da Valve mostrava que existiam trégua com a Sony, e Portal 2, a sequela do impressionante exclusivo Xbox, chegaria à consola da Sony. Projetou-se um grande futuro para esta parceria, mas a verdade é que os frutos no futuro não foram assim tantos em relação a possíveis exclusivos da Valve nas consolas PS. No entanto, com este momento a Sony conseguiu dar destaque a uma conferência morna em que se tentou, com o Move, alcançar o impressionante sucesso da Wii.

*
Microsoft 2013

Foi um dos anos mais complicados da indústria e a conferência da Microsoft confirmou o medo de todos os jogadores. Com total foco na nova Xbox One, a Microsoft confirma os rumores dos anteriores meses: os jogos não poderiam ser vendidos ou emprestados, a ligação à internet teria de ser constante e a consola deixara de funcionar se não fizéssemos uma autenticação. Pelo meio o preço de 499€ não agradou e a junção do Kinect parecia ser uma obrigatoriedade desnecessária pois ainda não existiam jogos que justificassem. Sites, fóruns e redes sociais foram invadidas por consumidores que viam aqui um caminho onde perderiam direitos e onde tudo se tornaria mais caro. É considerado o momento mais controverso de toda a História da indústria e mais tarde a Microsoft voltaria atrás nas suas decisões.

*
Sony 2013

É um dos momentos mais marcantes de sempre da História da E3. Por vezes existem decisões que marcam toda uma geração, levando a que as vendas sejam dirigidas para um lado e uma consola torna-se líder destacada. Foi o que aconteceu aqui. A Sony terminou a sua conferência a indicar que os seus jogadores poderiam trocar, vender ou emprestar todos os jogos que comprassem. Para além disso, não precisariam de ligação constante à internet… e claro, o preço a 399€, 100 euros mais barata do que a rival Xbox One, que ficou assim ligada a uma imagem de consola mais cara e que tentara retirar direitos aos seus consumidores. A Microsoft voltaria atrás na sua decisão, mas apenas porque a Sony não tomou as mesmas decisões iniciais. A Microsoft não olhou para os jogadores com o devido valor e ainda hoje está a pagar a fatura.

 

LP

 

 

 



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *