TOP Séries 2015 by MHD | 10. Vikings

 

 

« Introdução | 9. Mad Men »

2015 foi mais um grande ano para Vikings, que continua a ser uma das melhores séries na televisão. 

A epopeia dos guerreiros do norte prosseguiu o seu curso natural em uma excelente terceira temporada. Após consolidar as suas conquistas em Inglaterra, Ragnar liderou as suas hordas numa grande invasão da maior cidade da Europa dos Francos, a aparentemente inexpugnável Paris.

Lê mais: Comic-Con 2015 | Vikings divulga trailer da próxima temporada e muito mais!

 

 

Lê Também: Vikings, terceira temporada em análise

 

O único defeito da terceira temporada de Vikings foi, possivelmente, cobrir demasiado terreno, não dedicando suficiente atenção a alguns momentos e personagens que teriam beneficiado de mais algum tempo para serem realizados à perfeição. Por outro lado, a variedade de cenários e a sucessão de grandes eventos assegurou que todos os episódios da terceira temporada fossem importantes e pudemos desfrutar de histórias interessantes passadas em três regiões bastante diferentes, a Escandinávia, a Inglaterra e a França. O grande clímax desta temporada de Vikings, no entanto, foi sem lugar a dúvidas a invasão de Paris, que esteve  à altura das altíssimas expectativas.

Lê ainda: Comic Con Portugal | Clive Standen em conferência de imprensa

A verdade é que esta é uma série como poucas. Dá-nos realismo e rigor histórico sem renunciar ao valor de entretenimento. Não poupa na violência, no sangue e no sexo, mas ao mesmo tempo dedica grandes esforços à elaboração de personalidades complexas e à construção de relações intricadas entre as suas carismáticas personagens. Em outras palavras, Vikings consegue ser uma aula de história, uma série de acção e um drama cativante ao mesmo tempo. Não é de admirar portanto que em 2015 Vikings tenha sido, uma vez mais, uma das nossas séries preferidas do ano.

 

« Introdução | 9. Mad Men »

 

Consulta também o nosso Calendário de Séries Midseason 2016

 

 



Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *