12 livros que não podes perder se gostaste de Girls

[tps_header]

Já tens saudades de Girls? Queres mais histórias com protagonistas femininas no teu quotidiano? Então não te preocupes. A Magazine.HD reuniu os livros obrigatórios para todos os fãs da série de Lena Dunham.

[/tps_header]

Girls, a comédia sobre a realidade de um grupo de raparigas na casa dos 20 a viver em Nova Iorque, terminou este mês. Durante seis temporadas, acompanhamos as vidas da aspirante a escritora Hannah (Lena Dunham), da responsável assistente de galeria de arte Marnie (Allison Williams), da boémia Jessa (Jemima Kirke) e da inocente Shoshanna (Zosia Mamet).

Para quem ainda não recuperou do final de Girls e necessita de mais protagonistas femininas e de histórias reais sobre uma geração que sofre os efeitos da recessão económica então a Magazine.HD tem as respostas. Reunimos os livros que os fãs da série de HBO não podem perder.

[tps_start_button label=”CLICA e descobre outros livros semelhantes a Girls que tens de ler” style=”color: #ff0000; font-size: 12pt;” class=””]




girls

BAD BEHAVIOR, de Mary Gaitskill

Este título é o must-read para todos os fãs de Girls. Além de já ter inspirado o filme Secretary” de 2002, também Lena Dunham já leu.

“Bad Behavior” é uma coleção de histórias sobre jovens mulheres desencantadas que vivem em Nova Iorque. À procura de conexão humana, as protagonistas envolvem-se em atos sexuais “semi chocantes”, nos quais o sadismo e masoquismo são comportamentos recorrentes.

Estranha sem ser peculiar e com um grau perfeito de impertinente, os contos são notáveis pela sua honestidade.




girls

THE EMPEROR’S CHILDREN, de Claire Messud

O bestseller de Messud tem bastantes semelhanças com as histórias de Hannah, Marnie, Jessa e Shoshanna.

Nos livros, três amigos de 30 anos lutam nas suas várias atividades criativas (crítica freelance, documentário e escrita) e apoiam-se mutuamente, bem como nas suas famílias para ultrapassar os seus problemas. À medida que as águas se agitam devido à chegada de dois novos amigos ao grupo, todos têm que trabalhar para encontrar novamente o seu equilíbrio.




girls

SWEETBITTER, de Stephanie Danler

Se eras fã do triângulo amoroso entre Hannah, Adam e Jessa, então este livro é para ti.

Parcialmente baseado na experiência da autora enquanto empregada de mesa em Nova Iorque, “Sweetbitter” acompanha Tess quando ela se muda para a cidade. Sem planos exceto o emprego na indústria hoteleira, ela embarca numa relação com o bartender e com a funcionária do restaurante onde ela trabalha.

Lê Também:   House of the Dragon, da Max, prepara-se para bater um record na nova temporada



girls

RAPOSAS DE FOGO, Joyce Carol Oates (Casa das Letras)

Nos EUA dos anos 50, surgem gangues de adolescentes. Os membros das Raposas de Fogo, um gangue feminino liderado por “Legs” Sadovsky, defendem os fracos e os pobres, e visam conquistar os direitos que lhes são negados. O romance forte e impiedoso, carregado de energia e emoção intensa, não se aproxima do universo exibido na série Girls. No entanto, apresenta retratos de jovens mulheres fortes e de amizades.




girls

I WAS TOLD THERE’D BE CAKE, de Sloane Crosley

A protagonista de Girls, Hannah, é apresentada como uma escritora de uns contos engraçados, sarcásticos e depreciativos sobre a vida dos jovens na casa dos 20 anos. Este bestseller é repleto de histórias semelhantes aos que Hannah tenta escrever na série.

“I Was Told There’d Be Cake” possui a mesma ironia e natureza genuína que caracterizavam a produção da HBO.




girls

THE FALLBACK PLAN, de Lee Stein

“The Fallback Plan” tem a mesma pergunta que a primeira temporada de Girls tinha: “acabei a universidade, e agora?”. Depois de Esther terminar os estudos, ela fica na casa dos pais a tentar perceber qual o próximo passo. Contudo, os seus planos caem por terra quando aceita o trabalho de babysitter e acaba por se envolver na vida dos seus empregadores.

O bestseller explora os sentimentos de insegurança e de vulnerabilidade e os caminhos de autodescoberta. E tal como em Girls, está repleto com a ideia de confiança que tudo irá melhorar.




girls

THE BEST OF EVERYTHING, de Rona Jaffe

Apesar de este livro ter sido publicado em 1958, o título mais se assemelha a um episódio de Girls. “The Best of Everything” explora os problemas profissionais e os conflitos pessoais das mulheres, que, mesmo 60 anos depois, ainda continuam atuais.

O bestseller é simultaneamente hilariante e realista ao apresentar o retrato de cinco mulheres que lutam para viver na cidade e serem independentes.




girls

PESSOAS COMO NÓS, de Stephanie Clifford (Edições ASA)

Evelyn Beegan está cansada de viver na sombra da alta-sociedade de Manhattan. No entanto, aos 26 anos a protagonista fica sem emprego. Então, sem alternativa é obrigada a trabalhar para uma rede social da elite e a frequentar o meio snob que tanto queria evitar. Na roda-viva de bailes e regatas, Evelyn acaba por se deixar ofuscar pelo glamour da fina flor nova-iorquina. Mas a ascensão social tem um preço. Embora, o romance retrate as vidas dos habitantes de Upper East Side de Manhattan, esta história também se aproxima de Girls, uma vez que explora o caminho que uma jovem mulher tem de fazer para encontrar a sua identidade.

Lê Também:   Kate Winslet está de regresso às minisséries da Max com Todd Haynes (May December)



girls

HOW SHOULD A PERSON BE?, de Sheila Heti

O título deste romance é a pergunta que Girls tenta responder ao longo de seis anos. Sheila Heti aborda amizade e sexualidade de uma forma verdadeiramente original e cómica.

“How Should a Person Be?” é confuso e, simultaneamente, verdadeiro, com uma mistura estranha de conversas transcritas e e-mails. À medida que o romance continua, o leitor começa a confundir a Sheila ficcional com o real.




girls

FREE FOOD FOR MILLIONAIRES, de Min Jin Lee

Ao contrário dos restantes livros da nossa lista, “Free Food for Millionaires” aborda as histórias de personagens de culturas diferentes do que o típico nova iorquino. O romance segue as experiências da coreana Casey Han, cujas ideais modernos irritam frequentemente os pais, uma vez que esperavam algo diferente para ela.

 




girls

A FORTUNATE AGE, de Joanna Smith Rakoff

Tudo começa com um casamento em Brooklyn em meados dos anos 90, antes da Internet se tornar tão importante. Seis amigos tentam perceber o que significa ser adulto e adaptar-se às responsabilidades.

A identificação com as personagens é fácil, uma vez que as experiências profissionais e pessoais parecem reais. Eles estão sempre cansados – da família, dos amigos, de não ser bem-sucedido, de os planos não correrem bem –, tal como as personagens de Girls.




girls

O GRUPO, de Mary McCarthy (Dom Quixote)

Oito jovens de diferentes níveis sociais e personalidades muito diversas – conhecidas como O Grupo – encontram-se uma semana depois de terem terminado o curso para assistir ao casamento de Kay. A cerimónia é o ponto de partida para as suas vidas de adultas nas suas alegrias e tristezas – no trabalho, no amor, no sexo, ou num quotidiano mais ou menos convencional. Ao longo dos anos seguem percursos distintos, mas todas têm como objetivo comum de serem diferentes dos pais.


LIVROS QUE VÃO SER ADAPTADOS À TELEVISÃO >>




Também do teu Interesse:


About The Author


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *