Andrew Kreisberg é despedido

O produtor executivo das séries da CW, “Supergirl”, “The Flash”, “Arrow” e “Legends of Tomorrow”, foi despedido. Descobre porquê.

 Andrew Kreisberg foi despedido pela Warner Bros. Television devido a acusações de assédio sexual.

No início do mês, surgiram as alegações de 15 mulheres e 4 homens de assédio sexual e outras más condutas por parte Kreisberg, que acabou por criar um ambiente tóxico. O produtor negou todas as alegações, mas foi suspenso pela Warner Bros. Television por causa da investigação.

Lê Também:
TOP Casais de Séries de 2017 | 9. Curtis e Paul (Arrow)

Com o despedimento de Kreisberg também acaba o acordo que este tinha com a Warner Bros. O produtor executivo irá ter o seu nome retirado dos créditos das 4 séries. Embora Kreisberg fosse o produtor de todas as séries de super-heróis, tinha mais envolvimento em “Supergirl” e “The Flash”. Nestes dois casos já foram chamados outros produtores para o substituir: em “Supergirl” fica Jessica Queller e Robert Rovner e em “The Flash” fica Tom Helbing.

VÊ O CROSSOVER DAS SÉRIES PRODUZIDAS POR ANDREW KREISBERG

Berlanti Productions, a produtora das séries também já fez sair uma declaração dizendo que encorajaram e apoiaram as pessoas que fizeram queixa e que concordam com a decisão do estúdio. Para a produtora nada é mais importante do que a segurança e o bem-estar de todos os colegas.

Algumas das estrelas das séries já se manifestaram, mesmo não mencionando o nome de Kreisberg diretamente, como Melissa Benoist (“Supergirl”), Emily Bett Rickards (“Arrow”), Stephen Amell (“Arrow”) e Grant Gustin (“The Flash”).

Mais um caso de assédio sexual. O que achas da decisão da Warner Bros.?

Ana Inês Carvalho

Licenciada em História de Arte. Viciada em filmes e música, em especial k-pop, e também wrestling.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *